Criatividade

Nos ADC há dois vencedores portugueses

Os vencedores dos 101.º ADC Annual Awards já são conhecidos e, na lista, há dois portugueses: Atelier d’Alves e Nuno Leites e Henri Prestes.

quinta-feira, 19 maio 2022 10:08
Nos ADC há dois vencedores portugueses

Henri Prestes vence com o projeto “Beyond the Edge of the World”, selecionado na categoria Fine Art/Conceptual – Series, recebendo um Cubo de Bronze. Por sua vez, o Atelier d’Alves e Nuno Leites, com “Cassandra – Title Sequence”, da Take it Easy, recebe o prémio de mérito, na categoria Motion.

Nestes prémios foram inscritas 10.565 peças de 54 países. Assim, comparativamente ao ano anterior, existiu um aumento no número de inscrições de 15,7%.

Este ano, agências, estúdios, freelancers, marcas e produtoras em 36 países foram premiados com um total de 95 cubos de ouro ADC, 114 de prata, 172 de bronze e 381 méritos. Os cinco principais países vencedores foram os EUA, com 372; a Alemanha, com 91; a China, com 73; o Japão, com 46; e o Canadá, com 37.

Além do anúncio dos vencedores, este ano a cerimónia de premiação incluiu a celebração do 100.º aniversário dos ADC.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing