Entrevistas

Um dia que mete o mundo em rede

Um dia que mete o mundo em rede
É já no próximo dia 30 de junho que se irá comemorar o Dia Mundial das Redes Sociais – Social Media Day. Este ano, os festejos passam pela terceira vez por território português, num evento que irá reunir trocar experiências sobre o "mundo do ecrã".

sexta-feira, 22 junho 2012 10:33

O Briefing falou com Elsa Fernandes, uma das responsáveis pelo evento, para saber mais como irá decorrer este dia.

Briefing | Em que consiste este dia? O que levou a comemorar este dia?

Elsa Fernandes | O Social Media Day foi assinalado pela primeira vez a 30 de junho de 2010 numa iniciativa do blogue Mashable, espaço exclusivamente dedicado a notícias sobre a web 2.0 e redes sociais. O grande objetivo da data é celebrar à escala global a revolução que transformou os media num ambiente eminentemente social. Logo no ano inaugural, mais de 340 encontros em 76 países do mundo assinalaram a data. Em 2011, o número de encontros subiu para os 1422, com as cidades de Nova Iorque e São Paulo a acolherem os eventos com maior número de participantes. Portugal associou-se ao Social Media Day desde o primeiro momento, com a cidade do Porto como palco para a comemoração.

Briefing | É um evento assinalado dia 30 à escala mundial?
EF | Sim. Neste momento estão planeados encontros um pouco por todo o mundo.

Briefing | Este é o terceiro ano em Portugal. Qual a razão para chegar ao País?
EF| Em Portugal existe uma comunidade profissional ligada aos media sociais bastante rica e alargada e este é bom momento para fazer sair as relações do ecrã e trocar conhecimento e experiências.

Briefing | Como vai ser assinalado?
EF | Este ano o Social Media Day Portugal assinala-se em Gaia com uma conferência que ocupará todo o dia 30. Serão oito painéis – Trends, Ideas, Master Class, Education, Non-profit, E-government, Best Practices e Open Sessions - sobre temas relacionados com as redes sociais e cerca de 40 oradores.

Todos os painéis terminam com questões e debate com a audiência. A par das conferências, os participantes encontram espaços onde podem, no momento, trabalhar a sua presença online. No Facebook Clinic será possível fazer um check-up gratuito à página de uma empresa e receber conselhos para um desenvolvimento saudável. No Linkedin Desk os perfis de indivíduos e empresas são analisados à lupa e explicadas as boas práticas a assumir para tirar partido da maior rede social profissional. Já no YouTube Corner os participantes poderão preparar pequenos vídeos sobre a sua presença no Social Media Day Portugal, que se pretende que sejam editados e divulgados logo no dia 30 de Junho. No final, o ponto de encontro é o Twitter Bar para um momento de convívio e networking.

Briefing | Quem é a responsável pela organização e realização do evento?
EF | A organização do Social Media Day Portugal é informal, reunindo Pedro Caramez, docente universitário e especialmente dedicado à rede LinkedIn; Elsa Fernandes, gestora de marketing digital e consultora em social media e Daniel Pereira, empreendedor e mais especializado em SEO. A este grupo juntam-se muitas outras pessoas que tornam as comemorações possíveis.

Briefing | Porquê Gaia o local escolhido para as comemorações?
EF | O ano passado estivemos em Matosinhos. Este ano decidimos aceitar o convite de Gaiaanima/ Câmara de Gaia e aproximarmo-nos do rio. Queremos estar no Grande Porto e a oportunidade de realizar o Social Media Day Portugal num local tão inspirador como o Convento Corpus Christi é um privilégio.

Briefing | Para o ano está já prevista uma próxima comemoração?
EF | Sim. No próximo ano queremos crescer e tentar dedicar todo o fim-de-semana (o dia 30 será domingo) aos meios sociais, complementando o programa mais formal com um programa social intenso.

Briefing | Quais as atuais e futuras tendências dos social media?
EF | De forma muito genérica e esta opinião pode não refletir a de outros elementos da equipa, a imagem estática (mais do que o vídeo) vive uma época triunfal: reina nas redes sociais e é um dos melhores meios para atingir bons resultados em campanhas publicitárias. Veja-se, por exemplo, o sucesso da rede social Pinterest.

Existe uma confusão geral entre social media e Facebook. Social media é muito mais que o Facebook e esta pode não ser a plataforma mais adequada para todas as áreas de negócio.

O futuro é móvel e isso vai colocar-nos desafios, como consumidores e profissionais, que ainda não imaginamos.

 

Conheça mais sobre este evento AQUI.

Fonte: Briefing

quarta-feira, 27 junho 2012 11:39

bt nl

Liga-te com o Coração

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing