Entrevistas

"Dar a volta" com a Caixa

Francisco VianaA Caixa assumiu como missão mostrar aos portugueses que é um banco com o qual podem contar para “dar a volta” ao atual momento. A campanha está no ar e o diretor de Comunicação e Marca, Francisco Viana, explica ao Briefing o que motivou o banco e que objetivos procura atingir num ano em que baixou em cinco por cento o orçamento para publicidade.

quinta, 26 setembro 2013 11:10
"Dar a volta" com a Caixa

Briefing | Depois do PAP, a Caixa quer dar a volta ao País. Como surge este conceito?

Francisco Viana | O conceito surge, no início deste ano, como resultado de uma reflexão estratégica sobre a comunicação da Caixa. Neste intuito, refletimos sobre a importância da CGD na vida dos portugueses e como o papel deste banco tem sido indissociável do que de bom tem sido construído em Portugal. Por isso, e até pelo momento sensível que a maior parte dos portugueses está a viver, procurámos afirmar o espírito de missão da nossa marca: mostrar a todos que têm na Caixa um aliado que os pode ajudar a melhorar os atuais padrões de vida. Um aliado que realmente os pode ajudar a dar a volta à situação.

O conceito “Dar a Volta” teve a sua primeira concretização na campanha institucional que foi lançada em junho, logo seguida de uma campanha direcionada para as empresas, onde se procurou materializar a ideia de que as empresas portuguesas encontram na Caixa o verdadeiro enabler da mudança e que este banco as ajuda a “dar a volta”, através das diversas soluções financeiras que disponibiliza.

Agora, com a campanha Cliente Mais, procuramos passar a mensagem de que a Caixa está presente na vida dos clientes, em todas as fases da sua vida e que, por muitas voltas que a vida dê, a Caixa estará sempre presente disponibilizando soluções financeiras adequadas às suas necessidades. Neste caso, específico, procuramos demonstrar os benefícios financeiros de ser Cliente Mais, e quais as vantagens associadas.

Briefing | Que objetivos de marketing visa atingir?

FV | O principal objetivo de marketing é assegurar uma constante satisfação dos clientes que se traduza numa crescente fidelização. Para tal, procuramos concretizar os benefícios financeiros anunciados nas 12 vantagens, demonstrando quais as reais vantagens de ser Cliente Mais.

Briefing | Esta campanha reflete um novo posicionamento do banco. O que o tornou necessário?

FV | Não se trata de um novo posicionamento. O conceito de comunicação tem como referência o mote das campanhas anteriores, dar a volta, mas, desta vez, incidindo sobre a forma como cada um de nós, na gestão pessoal do dia-a-dia, procura mudar ou acrescentar algo nas suas vidas, contando com a ajuda da Caixa como seu parceiro financeiro.

Briefing | Qual o investimento global envolvido nesta campanha?

FV | A Caixa não tem por hábito responder a questões relacionadas com o investimento, mas posso-lhe garantir que temos vindo a fazer mais com menos investimento que, globalmente, foi reduzido em 5% em relação ao ano passado.

Briefing | Quais diria que são os atuais valores da marca?

FV | A atividade da Caixa Geral de Depósitos e a conduta dos seus colaboradores pautam-se pelo Rigor, Transparência, Responsabilidade, Integridade, Segurança e Respeito pelos interesses que nos são confiados.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

segunda, 30 setembro 2013 11:36

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing