Entrevistas

Simplesmente Cristina

Cristina Ferreira, diretora de conteúdos não informativos da TVIDesenvolveu uma linha de sapatos com a marca internacional Hush Puppies, regressou às aulas com a Staples, mudou de visual com a Bellady e revolucionou a cozinha dela com a Yammi. Cristina Ferreira é a mais recente arma secreta das marcas na área do endorsement. Agora, tem um novo desafio pela frente: diretora de conteúdos não informativos da TVI.

quarta, 15 janeiro 2014 12:29
Simplesmente Cristina

Briefing | Porque é as marcas gostam de se associar à Cristina Ferreira?

Cristina Ferreira | Esta questão obriga-me a uma pouca modéstia, no entanto posso dar a minha perspetiva: tenho um programa diário há 8 anos no ar, líder de audiência, para além de outros programas em prime-time e ao fim-de-semana com o mesmo nível de resultados. Isto dá-me uma visão quantitativa da questão. Nesses mesmos programas, tento ser o mais fiel possível à minha personalidade e tento pôr a maior verdade naquilo que comunico. A par disso, preciso de uma noção clara de para quem comunico. Procuro que as mensagens que passo tenham autenticidade e ponho um pouco de mim em tudo o que faço profissionalmente. E é com base nesta análise que me relaciono também com as marcas. Conhecendo a fundo o produto, o público-alvo e descobrindo a forma mais interessante de mostrá-lo e falar sobre ele.

Briefing | Que valor acrescentado é que o seu nome dá a essas marcas?

CF | Estou numa fase da carreira consistente e, por isso, acredito que posso oferecer credibilidade às marcas. A par disso, através do programa que apresento há 8 anos e em que estou 3 horas seguidas no ar, o público conhece-me enquanto pessoa, enquanto Cristina – seria impossível estar em 'personagem' ao longo de tanto tempo. Por isso, se falo num produto, é porque gosto dele, porque seria uma potencial consumidora.

Briefing | Como gere a sua relação com essas marcas?

CF | Para mim é fundamental que fiquem satisfeitas com o retorno que posso dar. Acompanho e conheço os objetivos de uma campanha a fundo e não me coíbo de dar mais do que aquilo pensado inicialmente, para que seja um projeto bem sucedido. E depois, gosto de conversar com o cliente. De ouvi-lo e de sentir a sua marca através dele.

Briefing | Quais as marcas que atualmente apostam em si?

CF | Desenvolvi uma linha de sapatos com a marca internacional Hush Puppies, regressei às aulas com a Staples, mudei de visual com a Bellady e revolucionei a minha cozinha com a Yammi. Enquanto extensão do meu www.dailycristina.com, publiquei um livro de culinária com a editora Objectiva, o Deliciosa Cristina, experimentei uma nova forma de comer Magnum no inverno e fiquei fã da Fashion Week do CascaiShopping.

Briefing | As redes sociais têm um papel importante na sua relação com as marcas ou são usadas apenas para a sua promoção pessoal?

CF | As redes sociais são mais um veículo para poder comunicar com o meu público e, mais importante que isso, para poder ouvi-lo. Na televisão a relação que estabelecemos com os telespectadores é de dentro para fora, é mais difícil receber o seu feedback. A interatividade permite-me conversar com eles.

Briefing | Como é que vê a evolução desta sua relação com as marcas?

CF | Tem sido uma evolução interessante, é verdade que tenho tido uma maior procura por parte das marcas nos últimos meses.

Briefing | A Cristina Ferreira é ela própria uma marca? Se sim, como é a "gere"?

CF | Considero-me bastante genuína e pouco fabricada. No entanto, sei que é necessário parar, de vez em quando, fazer o exercício de olhar de fora e ver a 'big picture'. Conto também com a experiência da minha equipa de agenciamento.

Briefing | Como é que equilibra a exposição pública com a sua vida privada?

CF | Hoje em dia consigo organizar o meu dia da melhor fora possível para ficar OFF às 18h00 e dedicar-me à minha vida pessoal.

Briefing | Como é que reagiu quando foi convidada para o cargo?

CF | Recebi com alguma surpresa a notícia mas também com grande alegria e expectativas futuras. Sempre foi uma área que me interessou e sempre fui trabalhando essa vertente nos projetos em que estive envolvida até hoje e, por isso, espero contribuir com tudo aqui, o que já aprendi nestes 10 anos de experiência profissional.

Briefing | Quais os seus planos para os conteúdos não informativos da TVI?

CF | Continuar a fazer da TVI a estação líder de audiências em Portugal com a equipa que tem feito da TVI o que ela é hoje e investir cada vez mais na excelência dos produtos que vão de encontro ao público que continua fiel a uma programação de eleição na ficção, no entretenimento e na informação.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

quinta, 16 janeiro 2014 11:42

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing