Entrevistas

Como nasceu o Red Cola 5

Ricardo Estevão, Krypton

O anúncio Red Cola 5, produzido pela portuguesa Krypton, colocou nos ecrãs angolanos uma das bandas mais conhecidas do país, os Zona 5, e apresentou uma nova lata. Ricardo Estevão, da Krypton, conta ao Briefing qual a mensagem do anúncio, que envolveu equipa técnica de cerca de 85 pessoas e 150 figurantes, e os projetos da produtora em Angola.

quarta-feira, 16 abril 2014 11:07
Como nasceu o Red Cola 5

Briefing | O que é que o Red Cola Zona 5 quer transmitir aos angolanos?

Ricardo Estevão | O filme Red Cola-Zona 5 mostra a cola da nova geração de Angola. Com uma nova fórmula, com mais sabor e mais refrescante, uma nova imagem, e uma lata totalmente inovadora. Em África, a Red Cola é a escolha dos Zona 5, grupo musical angolano, os novos embaixadores da marca. Red Cola assumiu uma forte parceria com este grupo. Tal como os Zona 5, que têm construído uma imagem muito positiva nos últimos anos da sua carreira, alcançando sucesso dentro e fora de Angola, também Red Cola tem vindo a conquistar o seu território a nível nacional e internacional. Red Cola é a escolha das pessoas que ousam ir mais longe. Red Cola inspira esta atitude audaz.

Antes de estrear em TV, a campanha teve a sua ante-estreia na página de Facebook dos Zona 5 que, uns dias antes, criaram um teaser na sua página para despertar a curiosidade para o novo filme da marca. Em poucos minutos, multiplicaram-se os comentários positivos sobre a nova campanha Red Cola. Os Zona 5 são verdadeiros fãs da nova RED COLA e é esta a mensagem pautada neste filme.

Briefing | Que outros trabalhos é que a Krypton tem feito para Angola?

RE | Em Angola, os nossos principais anunciantes e aqueles que apostam mais em publicidade, são a Unitel, o Millennium Angola, o grupo Refriango e mais recentemente Sagres Angola, para o qual filmámos há relativamente pouco tempo.

Briefing | Qual a importância do mercado angolano para Krypton?

RE | Os mercados emergentes, num cenário de crise na Europa, destacaram-se logo como uma séria alternativa. No entanto, a Krypton já tinha o desejo de ser uma produtora global muito antes da crise económica ter chegado à Europa. Angola, Moçambique e Brasil, eram, no nosso entender, os primeiros mercados a que queríamos chegar, eram o primeiro passo a dar neste caminho. A chegada da crise à Europa só veio, em certa medida, acelerar aquilo que já tínhamos estabelecido como estratégia de internacionalização.

Numa primeira fase, estudámos a possibilidade de deslocar uma equipa com permanência em Angola, de forma a criar uma estrutura fixa local. Mas não tivemos grande sucesso. Posteriormente, começamos a trabalhar com vários parceiros locais e hoje em dia estabelecemos uma relação privilegiada com algumas empresas de Angola, que têm já uma estrutura fixa local. Com eles partilhamos experiências que nos têm permitido conhecer e mergulhar mais e mais naquilo que é o verdadeiro espírito e modo de vida da população angolana. A presença da Krypton no mercado africano tem vindo a aumentar, sendo que actualmente Angola representa 25% da facturação da empresa. Mas continuamos a trabalhar para aumentar esta percentagem!

Ficha técnica:
Marca: Refriango
Produto: Red Cola Zona 5
Agência: BAR
Director Criativo: Diogo Anahory e José Bomtempo
Produtora: Krypton
Realizador: Fred Oliveira
Director de Fotografia: Jaime Rebato
Pós-Produção: Light Film
Som: Som de Lisboa

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Vídeo

segunda-feira, 05 maio 2014 13:21

bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing