Entrevistas

A estratégia da Sumol para ter 30 mil no Summer Fest

O Sumol Summer Fest é mais que um festival, diz o JoãoSem adiantar valores, João Nuno Pinto, diretor de marketing, afirma que o Sumol Summer Fest é uma das prioridades da marca. Mais que um festival é um espaço privilegiado de interação com o consumidor. Dirigido aos teenagers, este ano, o evento foi adiado para coincidir com o fim da época de exames. Uma estratégia que pretende gerar maior adesão e chegar aos 30 mil visitantes.

sexta, 06 fevereiro 2015 12:49
A estratégia da Sumol para ter 30 mil no Summer Fest

Briefing | Após sete anos de festival, o que motivou este rebranding?

João Nuno Pinto | Este rebranding acontece naturalmente e pela necessidade de evoluir para acompanhar os gostos e as preferências do público, a quem se dirige o festival: os teenagers. O festival Sumol Summer Fest é muito mais do que um cartaz musical. "Música. Surf. Praia. Amigos." são os ingredientes que compõem este festival e vivem no key visual ilustrado, uma paisagem quente que convida à descoberta e a um fim de semana único.

O festival vai tornar-se mais eclético e diversificado, abrangendo outras sonoridades e ritmos mais dançáveis, prometendo mais uma edição com momentos inesquecíveis.

Briefing | Qual o investimento e quais os objetivos?

JNP| Não adiantado valores, o Sumol Summer Fest é, naturalmente uma das prioridades na estratégia da marca representando parte substancial do orçamento de ativação de Sumol.

Os festivais de Verão, mais do que um momento de comunicação, são um espaço de interação das marcas com os consumidores.

O Sumol Summer Fest é por isso uma forma da marca expressar os seus valores, reforçar o seu posicionamento, constituindo-se um momento de celebração com os seus fãs e consumidores.

Briefing | E como a nova identidade vai aproximar a marca dos mais jovens?

JNP| A nova identidade Sumol Summer Fest, sob o mote "Música. Surf. Praia. Amigos." é verão ao primeiro olhar. A cor e o flow representam um festival com um estilo mais variado de música, tornando-o mais jovem e abrangente. As cores quentes e suaves transportam-nos para o cenário único da Ericeira, que recebe pelo sétimo ano consecutivo o 1º festival do verão.

Briefing | Ser o primeiro festival de verão é importante para a marca? E porquê?

JNP| Para os mais jovens, a presença num festival marca um momento e experiências que serão lembradas para sempre. Depois de intensos meses de aulas e exames, com o calor a chegar, os jovens têm necessidade de descontrair e de se divertir. O Sumol Summer Fest realiza-se, portanto, na altura certa, no arranque da temporada dos festivais e no momento em que podemos conjugar praia, música e surf para proporcionar momentos inesquecíveis a todos aqueles que no início de julho irão rumar à Ericeira.

Briefing | O novo espaço de concertos na Praia de Ribeira D'Ilhas é uma estratégia para conquistar os mais jovens, nomeadamente, os amantes de surf?

JNP| Reforçando a ligação à praia que lhe serve de inspiração, o Sumol Summer Fest vai decorrer em dois espaços distintos: os concertos no Ericeira Camping e a novidade do Soundset Ribeira D'Ilhas, em parceria com o Ribeira D'Ilhas Surf, Restaurant & Bar. Com a música sempre presente, o Festival começa mais cedo, na praia de eleição do Surf Mundial, numa diversidade de experiências que o local proporciona acompanhadas por música até ao pôr-do-sol, seguindo para a noite com os concertos no Ericeira Camping. Shuttles gratuitos estarão à disposição dos festivaleiros para se deslocarem entre os dois espaços prolongando a experiência e os momentos num fim-de-semana que promete ficar na memória dos festivaleiros.

Briefing | Em que medida o Sumol Summer Fest se insere na estratégia de marketing da marca?

JNP| O Sumol Summer Fest está para além de um simples momento de comunicação, é sobretudo um espaço privilegiado de interação da marca com o consumidor. Este é um festival muito particular, criado especialmente para Sumol, que reforça os seus valores e representa o ambiente emocional que a marca quer transmitir, um ambiente descontraído e em harmonia com os valores do surf. Essa é a razão pela qual o festival se realiza na Ericeira, a capital do Surf em Portugal.

Briefing | Já na 7ª edição, qual o balanço que a marca faz deste festival? E como tem sido a adesão do público, de ano para ano?

JNP| Fazemos um balanço bastante positivo do papel do Sumol Summer Fest nas plataformas de ativação da nossa marca. O objetivo principal do festival é criar um momento de festa e partilha entre Sumol e os seus fãs, num ambiente de música, praia, calor e amigos. A adesão que o festival tem tido, recebendo milhares de pessoas por ano, e o entusiasmo gerado em seu torno, leva-nos a concluir que este nosso objetivo tem sido concretizado. Pretendemos proporcionar momentos únicos e experiências novas, que fiquem na memória dos festivaleiros.

Briefing | Nesta edição, quais os números que a organização pretende atingir?

JNP| Este ano esperamos receber cerca de 30 mil pessoas no Sumol Summer Fest.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing