Entrevistas

A Pepsi vai melhorar a relação com os fãs com um toque de Pepper

Pedro Machado Rodrigues, diretor-geral da PepperReanimar a comunidade de fãs e explorar a vertente relacional das redes sociais. É esta a ambição da Pepper para a Pepsi, cuja presença online em Portugal gere a partir deste ano. Um trabalho que, explica o diretor-geral da agência de ativação de marca, Pedro Machado Rodrigues, passa por tornar mais clara a identidade da marca e os estilos de vida dos segmentos que para ela são estratégicos.

segunda, 13 abril 2015 13:25
A Pepsi vai melhorar a relação com os fãs com um toque de Pepper

Briefing | O que significa para a Pepper gerir as redes sociais em Portugal de uma marca multinacional como a Pepsi?

Pedro Machado Rodrigues | É o reconhecimento de todo um percurso que temos vindo a fazer ao longo destes já quase quatro anos de atividade. A Pepsi é, sem qualquer dúvida, uma das marcas de referência a nível mundial no sector dos refrigerantes, tendo desempenhado um papel importante na definição daquilo que é hoje o universo da comunicação a vários níveis. Na Pepper, temos agora o desafio de estar à altura deste histórico, refletindo-o através de abordagens eficazes e envolventes para o público nacional.

Briefing | Essa gestão vai ser alinhada com a da casa-mãe ou há liberdade para ajustar a estratégia ao mercado?

PMR | A relação com a Pepsi Portugal tem sido excelente deste o primeiro momento, com a marca a dar à Pepper total liberdade na criação de conteúdos para resposta aos diversos desafios previstos para 2015. Portanto, embora existam naturalmente algumas guidelines internacionais que devem ser seguidas, temos recebido grande abertura da parte da Pepsi Portugal em relação aos caminhos a seguir para responder aos objetivos delineados, nos quais as especificidades do mercado português são obviamente tidas como cruciais.

Briefing | Como se vai posicionar a Pepsi nessas plataformas?

PMR | O principal objetivo da Pepsi para 2015 passa por reforçar a relação do público nacional com a marca, sobretudo nas faixas etárias mais jovens. É um trabalho que já tem vindo a ser feito em anos anteriores, mas que em 2015 conhecerá um novo boost, estando previstos momentos-chave em termos estratégicos para este período. Claro que, num contexto em que procuramos alavancar relações, as redes sociais ganham particular relevância enquanto canais que permitem o contacto direto e a conversação em tempo real com os fãs da marca. Queremos que as redes sociais sejam centrais neste processo, refletindo a atitude fun, descontraída e de desafio à criatividade que fazem parte da identidade da Pepsi.

Briefing | Muitas vezes redes sociais acabam por ser "sinónimo" de Facebook. Que redes privilegia a Pepsi?

PMR | De facto, no universo das redes sociais, o Facebook continua a desempenhar um papel muito importante, ao permitir uma grande variedade de conteúdos e tipos de interação. Em Portugal é muitas vezes vista como a única verdadeira rede social, principalmente quando falamos de um target transversal como é o público consumidor de Pepsi. Além disso, é no Facebook que encontramos já uma base de seguidores bastante sólida, que consideramos de importância estratégica para alavancar a visibilidade da marca enquanto geradora de experiências e vantagens para os seus consumidores.

Para além do Facebook vamos também fazer a gestão do perfil de Instagram da Pepsi Portugal, não só com conteúdos pensados especificamente para essa rede mas também numa ótica de criação e exploração de sinergias sobretudo com o Facebook. Por último, estamos a trabalhar no lançamento de novos canais, que oportunamente comunicaremos.

Briefing | Qual é neste momento o desempenho da Pepsi no digital e quais as metas com a gestão Pepper?

PMR | Neste momento estamos já a implementar um conjunto de soluções globais para as presenças online da Pepsi. Esse trabalho passa não apenas pela criação e veiculação de conteúdos que espelham o posicionamento e a linguagem da marca de uma forma efetiva junto do consumidor mas também por um trabalho de fundo essencial para a visibilidade da marca. Neste contexto, importa reavaliar o que vinha a ser feito em termos de alcance das publicações, com o objetivo de tornar mais clara a proximidade entre a identidade da Pepsi e os estilos de vida de alguns segmentos de importância estratégica para a marca. O nosso objetivo final para a página da Pepsi é reanimar uma comunidade que, embora importante em termos de número de seguidores no Facebook, se encontra neste momento pouco explorada na sua vertente relacional.

Briefing |O que a Pepper oferece de diferenciador às marcas que ativa no digital?

PMR | Na Pepper sabemos que, se queremos manter a tendência de crescimento que em menos de quatro anos nos tornou um player importante na área da ativação de marca em Portugal, temos de nos manter fieis àquilo que têm sido as nossas mais-valias: para além de uma equipa multifacetada e permanentemente atualizada sobre as tendências da comunicação e as especificidades das diferentes plataformas (particularmente importantes no caso do online), sabemos que temos de ter o máximo respeito pela identidade das marcas e pelas necessidades de quem as gere. Por isso, oferecemos um acompanhamento permanente a todos os nossos clientes, seja no offline, seja no ambiente digital, e procuramos sempre mostrar soluções para a integração equilibrada dos dois contextos. Esta tem sido a nossa forma de estar no mercado e que os nossos clientes têm valorizado até agora. É por isso que hoje, e falando apenas do digital, somos a agência responsável pela gestão das redes sociais de marcas como Burger King, Macieira, Frize ou Iglo, por exemplo, numa carteira de clientes da qual nos orgulhamos profundamente e que nos demonstra todos os dias que este é o caminho a seguir.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing