Entrevistas

Novos projetos e desafios na nova “vida” da BrandChoice

Novos projetos e desafios na nova “vida” da BrandChoiceApós 4 anos a trabalhar o sector hoteleiro, a BrandChoice decide abrir portas a novos desafios. Um reposicionamento que ditou a mudança de imagem, que agora se diz mais "mais eclética, consistente, apelativa e atual". O objetivo é tornar-se menos segmentada e, assim, aumentar a carteira de clientes. A promessa de fidelidade para com os clientes atuais mantém-se, até porque é neles, no seu sucesso, que está o foco da agência, tal como explica Carla Santos, managing partner da BrandChoice.

quinta, 14 abril 2016 12:34
Novos projetos e desafios na nova “vida” da BrandChoice

Briefing | Depois de 4 anos no sector hoteleiro, a BrandChoice dá o salto para novos mercados. O que motivou esta aposta?

Carla Santos | Foram 4 anos dedicados em exclusivo ao sector turístico-hoteleiro, sem dar oportunidade às empresas de outros sectores que nos procuraram, por reconhecerem o nosso trabalho. Hoje sentimos que é altura de abrir portas a novos desafios, novos mercados, porque queremos crescer e sair da sombra que nos tem colocado um pouco à margem das agências mais mediáticas. Vamos manter-nos fiéis aos clientes que estão connosco desde sempre (unidades hoteleiras), porque sem eles não teríamos conseguido chegar até aqui. Aliás, o nosso maior know-how está na comunicação e imagem hoteleiras, logo não faria sentido quebrar aquele que é o nosso principal alicerce.

Briefing | Quais serão os novos mercados?

CS | A equipa da BrandChoice é formada por profissionais de várias áreas que estão sedentos de novos projetos. Não vamos voltar a querer segmentar o nosso posicionamento. Estamos abertos a qualquer desafio que se enquadre nas nossas competências.

Briefing | Este reposicionamento explica a mudança de imagem?

CS | Sim. Tivemos necessidade de marcar visualmente esta mudança para nos reposicionarmos.

Briefing | O que diz a nova imagem sobre o estado da agência?

CS | A nova identidade gráfica da BrandChoice é mais eclética, mais consistente, apelativa e atual.

Briefing | Como a BrandChoice se distingue das demais agências a operar no mercado?

CS | A BrandChoice não tem e nunca teve a pretensão de ser mais e melhor que qualquer outra agência. O nosso focus são os nossos clientes e o seu sucesso. Não descansamos enquanto não sentimos que o cliente está satisfeito e que os objetivos traçados são alcançados com êxito. Somos uma agência que cultiva a proximidade, a disponibilidade, e que não diferencia os clientes pelo tipo de serviço contratado. Para nós é tão importante o cliente que nos contrata um conjunto de serviços por um ano, como o cliente que nos pede um trabalho pontual.

Briefing | A BrandChoice gosta de se definir como um grupo de profissionais polivalentes, com rosto, cujos clientes tratam pelo nome. Como a agência aplica esta filosofia?

CS | A BrandChoice é constituída por profissionais na área do design, da comunicação, marketing e gestão. Independentemente dos trabalhos, todos os colaboradores da BrandChoice conhecem os clientes e os projetos em curso, quer façam parte, ou não, deles. Este envolvimento ajuda a criar proximidade e comprometimento. Ou seja, com esta filosofia de trabalho cultivamos uma maior ligação aos nossos clientes.

Briefing | A BrandChoice mantém 65% dos clientes desde a sua fundação. Como se explica esta taxa de fidelização?

CS | Acreditamos que a qualidade dos nossos serviços e a taxa de sucesso dos mesmos é a resposta para esta fidelização, que muito nos orgulha e que nos faz acreditar que estamos no caminho certo. Temos noção que o trabalho desenvolvido, sobretudo o de assessoria mediática, gestão de redes sociais, design gráfico e o de consultoria de comunicação, nos têm mantido ligados aos nossos clientes que todos os anos continuam a apostar em nós.

Briefing | Como foi 2015 para a agência?

CS | Foi um ano positivo, conseguimos aumentar a carteira de clientes estrangeiros, ou seja, unidades hoteleiras em Espanha. 2015 foi também o ano da consciencialização, o ano em que decidimos que iriamos mudar o nosso rumo. Este reposicionamento foi pensado e maturado com tempo, não foi uma decisão a quente, de um dia para o outro.

Briefing | E, agora com nova imagem, quais os objetivos que a agência se propõe atingir?

CS | O objetivo da BrandChoice é conseguir aumentar a sua carteira de clientes, torná-la mais eclética, menos segmentada. Queremos manter a nossa filosofia de proximidade junto do cliente e inovar nos serviços que prestamos. Queremos ousar de forma construtiva nos serviços que prestamos, pensar fora da caixa e quebrar com as "regras" implementadas pela maioria das agências que seguem os mesmos caminhos para atingir determinado fim.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

segunda, 18 abril 2016 15:41

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing