Entrevistas

Diversidade cultural na indústria criativa? É bem-vinda, diz o Frederico

Diversidade na indústria criativa? É bem-vinda, diz o Frederico Celebrar a diversidade multicultural da indústria criativa é o objetivo do International Creatives London. Um projeto do português Frederico Roberto, diretor criativo da VML, e do malaio Joel Lim, associate creative director da Iris, que visa apoiar os criativos estrangeiros que trabalham em Londres. Inspirados nas suas experiências pessoais, que, afirma, enriqueceram a cultura inglesa e vice-versa, pretendem fazer deste um tema central em festivais do setor.

terça-feira, 19 abril 2016 12:53
Diversidade cultural na indústria criativa? É bem-vinda, diz o Frederico

Briefing | O que motivou a criação do International Creatives London?

Frederico Roberto | Em janeiro passado, o Joel Lim (Associate Creative Director da Iris Worldwide) revelou-me o desejo de criar uma iniciativa para ajudar, fomentar e celebrar a diversidade multicultural dos profissionais criativos em Londres. Sendo ele da Malásia e eu de Portugal, sabemos exatamente o que trouxemos para a cultura inglesa e vice-versa. Acreditamos que essa diversidade, de diferentes backgrounds, enriquecem qualquer projeto.

Briefing | Qual o objetivo?

FR | Como referi, o objetivo é, acima de tudo, celebrar a criatividade e a diversidade multicultural da indústria criativa. Mas também o networking, o apoio e esclarecimento de internacionais que precisem de navegar na cultura inglesa nos primeiros tempos e momentos de inspiração.

Briefing | E de que tipo de apoio precisam os criativos estrangeiros?

FR | Normalmente precisam de contactos. Desse mesmo networking. E depois, de entender, o quanto antes, as nuances culturais de como tudo se processa nesta cidade global.

Briefing | Como o International Creatives London presta esse apoio?

FR | Através do grupo de Facebook e dos eventos mensais que temos. Esta iniciativa não é apenas minha e do Joel, é de todos.

Briefing | Quais as iniciativas previstas para enriquecer a indústria criativa?

FR | Além dos meet ups mensais, pretendemos ter presença noutras cidades ditas multiculturais e globais. Lidamos com pessoas e as pessoas são-no aqui, nos EUA, na China em qualquer parte. A internacionalidade de uma equipa fortalece o entendimento humano global. Temos também o desejo de ter parcerias com várias outras organizações para colocarem em destaque a multinacionalidade das agências, equipas e projetos.

Briefing | O International Creatives London tem vindo a promover encontros mensais. Em que consistem?

FR | Inicialmente, claro, eram bastante informais e pequenos. Os 2 primeiros aconteceram em pubs aqui por Londres. A partir daí a coisa cresceu muito e o terceiro já foi mais profissional, com cerca de 70 pessoas presentes. Maioritariamente, convivemos um pouco, temos música, comida e bebida, temos um orador internacional que trabalhe em Londres que fale da sua experiência (no terceiro meeting tivemos o Till Diestel da Adam&EveDDB) e tentamos que haja um networking são e bastante informal entre todos os envolvidos.

Briefing | Há a intenção de promover sinergias entre agências?

FR | Sim e não. Sim, pois queremos que as agências abracem cada vez a multiculturalidade das suas equipas e que recebam, cada vez mais, projetos como este. Por exemplo, o terceiro meet up foi na IRIS, e o quarto será na VML. São boas ajudas que temos. Mas não é necessariamente para que agências diferentes trabalhem em conjunto em projetos maiores do que aqueles que já fazem para os seus clientes.

Briefing | Quantos criativos já aderiram ao projeto?

FR | Neste momento passámos a marca dos 400, o que em 4 meses é fabuloso. Organicamente, creio que muitos mais virão.

Briefing |Que metas o International Creatives London se propõe atingir?

FR | A diversidade inerente a um grupo como este, a um mercado como este, visa sobretudo celebrar a riqueza e a qualidade de outputs criativos, exatamente porque todas as diferenças são usadas positivamente no dia-a-dia para que a soma seja maior do que as partes. Mas temos alguns objetivos ambiciosos como por exemplo fazer desta celebração da diversidade um tema central de alguns festivais de criatividade por esse mundo fora.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing