Entrevistas

Formar uma nova geração de criativos. A ambição do João na FLAG

João apresenta teoria e prática unidas para o sucesso na FLAGLevar o mundo real, das agências, para a sala de aulas. É este o elemento diferenciador da nova Academia de Publicidade Criativa da Flag. Quem o diz é coordenador da formação  e diretor criativo da 004, João Gomes de Almeida, que parte para este projeto com a ambição de formar uma geração de criativos melhor prepada. 

quarta, 31 maio 2017 13:28
Formar uma nova geração de criativos. A ambição do João na FLAG

Briefing | Que visão, como publicitário, traz para esta formação?
João Gomes de Almeida | Nem eu nem nenhum dos formadores desta Academia vem do mundo académico. Somos todos profissionais que gostam de partilhar a sua experiência com as novas gerações de criativos publicitários.
Como publicitário trago o mundo real das agências para dentro da sala de aula. O stress, a diversão, a exigência e o rigor. Ou seja, quero formar criativos para que tenham boas ideias e as saibam transformar em excelentes execuções criativas.

Briefing | Como se diferencia esta academia de publicidade criativa das ofertas que já existem no mercado?
JGA | É um bom sinal que o mercado tenha boas ofertas e que todas estas ofertas tenham pormenores que as diferenciam umas das outras. Neste caso, temos formação teórica e simultaneamente briefings práticos passados pelos próprios brand managers de grandes marcas. Tentámos ser diferentes noutro aspeto: explicando aos jovens criativos que a publicidade é um negócio. Por isso mesmo temos aulas de como ser account e ainda sobre o modelo de negócio das agências de publicidade.

Briefing | Que necessidades foram identificadas para lançarem a nova formação?
JGA | Havia a necessidade de existir uma oferta diferenciadora, capaz de conjugar teoria e prática, para além de explicar aos estudantes como funciona verdadeiramente o negócio da nossa indústria.

Briefing | Porquê focar a criatividade publicitária?
JGA | Porque o nosso mercado precisa de ainda mais talentos, que coloquem Portugal como um dos principais mercados mundiais da criatividade publicitária.

Briefing | A academia direciona-se a que público?
JGA | Jovens de todas as idades. Pessoas que queiram ser as melhores do mercado nos próximos anos.

Briefing | Porque se optou por esta seleção de temas/áreas de formação?
JGA | Porque não fazia sentido criar uma oferta igual a todas as outras que sempre existiram. Para fazer tinha que ser diferente, aliás esse é e sempre foi o ADN da FLAG.

Briefing | Como se foca o programa no "saber-fazer"?
JGA | Colocando gente de agências a ensinar estes jovens como é trabalhar numa agência.

Briefing | Como querem fazer o contacto entre os formandos e a realidade profissional, nomeadamente, agências e produtoras?
JGA | Teremos desde visitas de estudo, até aulas práticas, passando pelos já referidos briefings reais de grandes marcas.

Briefing | Que benefícios traz esta formação para os alunos?
JGA | Prepara um futuro criativo para o sucesso. Dando-lhe experiência, conhecimento e obviamente networking.

Briefing | Que objetivos se pretendem atingir com o lançamento desta formação?
JGA | O objetivo desta formação é bastante simples e concreto: formar uma nova geração de criativos portugueses, melhor preparada que qualquer outra.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing