Entrevistas

A FOX diz Hi a Portugal. Hellington e Catarina explicam porquê

Porque 2017 foi um ano de consolidação da liderança, a FOX iniciou 2018 com uma campanha que visa aproximar-se ainda mais dos espectadores portugueses. “Hi Portugal” é o claim que promove o diálogo. O objetivo da marca, esse, é crescer sempre, como explicam a diretora de Marketing, Catarina Barradas, e o diretor criativo, Hellington Vieira.

segunda, 15 janeiro 2018 11:11
A FOX diz Hi a Portugal. Hellington e Catarina explicam porquê

 

Briefing | O que levou a Fox a iniciar 2018 com uma campanha?

Catarina Barradas e Hellington Vieira | Esta é a segunda vez que fazemos uma campanha que celebra o portefólio. Uma campanha que inclui todos os canais sob a chancela da marca FOX, um portefólio que é líder indiscutível de entretenimento em Pay TV em Portugal. O ano de 2017 foi muito positivo para os nossos canais: a FOX consolidou a sua posição como canal de séries mais visto em Portugal e muitas das séries mais vistas em Portugal estão nos nossos canais. Por isso, que forma melhor de entrar em 2018 do que a celebrarmos este portefólio?

Porquê este formato de envolvimento dos protagonistas das séries?

No ano passado, quando trouxemos os protagonistas de uma das nossas séries mais vistas, ‘The Walking Dead’, a Lisboa, percebemos o poder da ligação emocional que os nossos espectadores desenvolvem com os protagonistas dos nossos conteúdos. Quisemos transpor essa emoção para uma campanha. Para mostrar aos fãs que compreendemos bem o que sentem, o que gostam, aquilo que os faz sentir mais fortes. Quisemos mostrar também que os conteúdos que trazemos permitem aos nossos espectadores participarem de um diálogo global. A ideia de que o ator, como Andrew Lincoln, protagonista de ‘The Walking Dead’, faz uma pausa nas gravações para dizer ‘Hi Aveiro!’ é muito poderosa na medida em que ajuda a criar laços emocionais diretos com os nossos fãs.
Por apostarmos no diálogo, a campanha tem duas fases: na primeira são as estrelas – mais de 40! – que vão falar com os fãs das séries; na segunda parte convidamos os fãs a cumprimentarem os seus ídolos, dando a cara pela campanha.

Quais os objetivos da campanha?

O principal objetivo da campanha é mostrar a força de um portefólio de cinco canais – FOX, FOX Life, FOX Comedy, FOX Crime e FOX Movies –, que assume a sua relevância no setor de Pay TV: canais FOX estreiam mais de 30 séries por ano, têm mais de 100 séries em emissão e é nos canais FOX que passam as séries mais vistas pelos espectadores nacionais.

De que modo é alavancada nas plataformas digitais da FOX?

Esta é uma campanha que foi pensada para viver offline e em ambiente digital.  O mood, o grafismo e a dinâmica estão pensados para viver nestas duas realidades. Numa primeira fase em mupis e depois através de uma campanha digital que terá um microsite e uma dinâmica nas redes sociais inspirada nos diálogos que nascem nestas plataformas. No dia 4 de janeiro fizemos um take-over digital dos principais publishers nacionais como o Público, Observador e Diário de Notícias.

 Em que medida é importante ter campanhas direcionadas para o mercado português?

Desde que abrimos a operação em Portugal que assumimos a importância de termos campanhas feitas para o mercado português, para os espectadores nacionais. É também através desta localização que conseguimos estabelecer esta ligação forte entre a marca e o seu público. Tornando-os temas das nossas séries relevantes para os portugueses – como fizemos com ‘Diabo no Corpo’ uma campanha para a estreia de ‘Outcast’ série que girava em torno de possessões demoníacas e onde mostrámos casos de possessão em Portugal – como criando verdadeiras experiências como foi o caso da construção do muro de ‘Prison Break’ onde os fãs da série podiam deixar a sua foto grafitada no num muro que celebra a liberdade.

O ano arranca com a campanha. O que mais podem os espetadores esperar da FOX em 2018?

Este ano os espectadores podem esperar muitas séries novas, muita emoção e muitas experiências inesquecíveis.

Que séries?

Há muitas séries previstas, logo no arranque do ano. Na FOX temos mais uma temporada de ‘The X Files: Ficheiros Secretos’, na FOX Life ‘9-1-1’ e ‘American Crime Story – O Assassinato de Gianni Versace’ e ‘The Resident’, um novo drama médico que arranca com o regresso de ‘Anatomia de Grey’ no dia 24 de janeiro, isto logo nas primeiras semanas do ano.

E em matéria de content marketing, a abordagem vai manter-se?

Achamos que os formatos pelos quais temos optado têm ajudado a reforçar os nossos laços com os espectadores e também se têm pautado pela originalidade que a nossa equipa criativa emprega e que tem sido amplamente premiada nacional e internacionalmente.

Qual a ambição da FOX para Portugal em 2018, nomeadamente em termos de audiências?

A nossa ambição é a de crescer sempre em termos de audiências, levando o entretenimento de grande qualidade que os nossos canais proporcionam a cada vez mais espectadores.
FOX e National Geographic já não são apenas canais ou destaques de programação. Somos storytellers com uma missão – de ligar as pessoas, de entreter, de inspirar, de galvanizar a proteger o planeta, como foram exemplos recentes “The Walking Dead Tour” em março ‘17 ou a National Geographic Summit em maio’17. Prometemos continuar esta ‘saga’ em 2018.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

segunda, 15 janeiro 2018 11:36

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing