Entrevistas

Criar tendências e destacar a qualidade nos cocktails? Alberto Pires mostra como

“Demonstrar ao público nacional as tendências internacionais do sector e destacar a qualidade das bebidas, marcas e profissionais”. Foi este objetivo que motivou Alberto Pires a arriscar na criação do Lisbon Bar Show, em 2006. Nesta edição de 2018, a acontecer no Convento do Beato, nos dias 15 e 16 de maio, o tema é Espanha e o organizador espera atingir, entre profissionais e publico geral, os seis mil visitantes.

quarta, 28 março 2018 12:43
Criar tendências e destacar a qualidade nos cocktails? Alberto Pires mostra como

 

Briefing | O que é o Lisbon Bar Show?

Alberto Pires | O Lisbon Bar Show é antes de mais um evento de partilha de conhecimentos na área de bar, restauração e hotelaria. É um evento que reúne as principais marcas do sector e traz a Lisboa as mais importantes referências internacionais da área.

Como surgiu a ideia de criar este evento? Quais são os objetivos?

Depois de ter frequentado feiras da especialidade por todo o mundo, desde 2006, decidi arriscar e criar um evento similar em Portugal. Penso que o nosso mercado já necessitava de o evento focado na área do bar e cocktails. O principal objetivo do Lisbon Bar Show é demonstrar ao público nacional as tendências internacionais do sector e destacar a qualidade das bebidas, marcas e profissionais portugueses.

O evento é exclusivo para o trade?

É considerado um evento profissional, mas aberto a todos os interessados na matéria que desejem saber mais sobre o tema. No entanto, tendo em conta que se realiza em dias de semana, em horário laboral, e com um custo de 30€, o objetivo é mesmo não baixar dos 80% de profissionais.

E quanto à comunicação. Como pretendem promover o evento?

Pretendemos promover o Lisbon Bar Show através da nossa agência de comunicação, Chefs Agency, que potencia a divulgação do evento. O facto de contarmos com a presença dos melhores bartenders do mundo também é uma das maneiras de promovermos o evento. Através também da Cocktails for You (a maior plataforma online do mundo de bartending), do nosso canal interno de TV que vai passar a feira em streaming durante os dois dias, da revista Vinho Grandes Escolhas, que é o nosso media partner, e também de outros parceiros como: a AHRESP, a AHP, a Lux Gourmet, entre outros.

Quais são as expectativas para esta edição?

A nossa expectativa para este ano é atingir os seis mil visitantes e ter um evento que satisfaça ainda mais as necessidades do mercado.

Este ano escolheram Espanha como tema do Lisbon Bar Show. Porquê? Como pensam representar este país?

Todos os anos temos um país convidado. Em 2016 foi o México e em 2017 Itália, por exemplo. O objetivo é apresentar um contingente mais forte de bartenders e de produtos do país em causa e, também, no espaço de restauração do evento, a cozinha será alusiva a este tema. Contamos com o apoio da Câmara de Comércio Luso Espanhola e da Embaixada de Espanha.

Que tipo de marcas se podem encontrar no evento? Mais recentes ou já inseridas no mercado?

Podem-se encontrar a esmagadora maioria de marcas de bebidas destiladas que existem no nosso país. Devido ao destaque que o evento já tem, algumas marcas aproveitam este momento para lançar novidades.

De que modo estes eventos podem contribuir para o desenvolvimento das marcas de bebidas?

Como já referi, é um evento pensado essencialmente para profissionais. Assim, as marcas reúnem em dois dias todo o sector num só local, desde fornecedores, pontos de venda, bartenders, especialistas, etc. O Lisbon Bar Show permite às marcas promoverem os seus produtos através de uma série de atividades e experiências (por exemplo, a Schwepps, no ano passado, apresentou uma mesa interativa onde eram projetados os vários ingredientes das novas tónicas e os vários sítios do mundo de onde provinham). É uma oportunidade de mostrarem os seus produtos de forma diferente e proporcionarem ao consumidor experiências.

Consideram este evento um trendsetter?

Sem dúvida. O LBS tem também como objetivo criar awareness sobre determinadas bebidas destiladas que não são tão conhecidas ou consumidas em Portugal. Além disto, este evento traz a Lisboa as principais referências mundiais da área, que têm uma ligação muito forte às tendências do setor.

Como prevê o futuro do setor dos cocktails em Portugal?

Em forte ascensão. Em Portugal, há uma procura cada vez maior por parte do consumidor de espaços onde possa ter uma experiência de qualidade ligada aos cocktails. Lisboa e Porto ainda não estão ao nível de cidades como Londres ou Nova Iorque, mas está a haver um consumo e uma procura cada vez maior de cocktails e, consequentemente, mais espaços especializados na área a abrir.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

quarta, 28 março 2018 12:55

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing