Entrevistas

Trazer os serviços públicos para a rua? Isso é TOMI e o José diz porquê

Tirar senha para a Loja do Cidadão em Lisboa é possível, a partir de agora, nos equipamentos TOMI. Uma inovação que, segundo o CEO da TOMI World, José Agostinho, é única a nível mundial e que se enquadra numa estratégia de modernização urbana. Quanto aos TOMI, estão a fazer uma viagem de internacionalização: há dois anos, chegaram ao Brasil e este ano ao Chile. Por cá, estão em 100 cidades e este mês abrirão três novas localizações.

segunda-feira, 09 julho 2018 12:30
Trazer os serviços públicos para a rua? Isso é TOMI e o José diz porquê

 

Briefing | Como surgiu a parceria com a AMA com vista a colocar as lojas do cidadão no TOMI?

José Agostinho | O TOMI é um equipamento que está em constante inovação e estamos sempre a trabalhar para o tornar mais útil para os cidadãos e para as cidades. A parceria com a AMA surge na ótica de criar sinergias com a administração pública para tornar os serviços públicos mais próximos e simples para todos. O TOMI procura disponibilizar serviços que tragam mais conforto para as pessoas e ter papel ativo no desenvolvimento de cidades mais inteligentes. Trabalhámos durante um ano com a AMA para disponibilizar o melhor serviço aos cidadãos.

Em que medida é que esta parceria é inovadora?

Esta parceria e o serviço resultante são completamente novos a nível mundial na disponibilização de serviços públicos. A comodidade de trazer os serviços públicos para as ruas, acessíveis a todos de forma gratuita e simples, é um grande passo na modernização e inovação urbana. Com este serviço reduzem-se os tempos de espera na loja, uma vez que o TOMI informa o número de pessoas em espera e o tempo médio de atendimento, dando a possibilidade de as pessoas escolherem um local com menos pessoas em espera. As pessoas podem aceder a esta informação e evitar as filas na loja, já que é possível receber um alerta quando faltarem 3 senhas para a sua vez.

Quais as potencialidades do TOMI em matéria de serviços públicos? 

O serviço agora lançado é mais um passo na direção certa para dotar o TOMI de características inovadoras para os cidadãos. Além deste serviço, o TOMI tem inúmeras potencialidades: a possibilidade de lançar alertas importantes (como por exemplo uma rua estar fechada para obras), a recolha de opinião dos cidadãos sobre assuntos de interesse público através de questionários no TOMI, disponibilização de informação relevante para o cidadão, por exemplo.

Trata-se de, de alguma forma, de uma viragem na estratégia da TOMI World? 

A nossa estratégia sempre foi aproximar os cidadãos das cidades, e tornar as cidades mais inteligentes e tangíveis para os utilizadores. Esta nova funcionalidade vem assim reforçar a estratégia para cumprir aquilo que sempre foi a nossa missão e objetivos. É mais um passo na direção certa, e é uma iniciativa que traz mais valor para os cidadãos.

O que leva a TOMI a querer estar na linha da frente das smart cities?

O TOMI já está na linha da frente das smart cities, pois disponibiliza de forma integrada a informação que existe nas cidades, e melhora a qualidade de vida dos seus habitantes e a experiência daqueles que visitam a cidade. Só este ano, o TOMI foi reconhecido com três prémios internacionais de smart cities: o Smart 50 Awards pela Smart Cities Connect (Kansas City, EUA), o Smart Cities UK Awards e o último o InovaCidade, pelo Instituto Smart City Business America.
As smart cities são uma realidade muito próxima. Internacionalmente estão a desenvolver-se projectos onde cidades inteiras se estão a transformar, unindo várias soluções de smart cities para se tornarem mais eficientes, inteligentes e habitáveis. Um dos mais recentes exemplos, é a nova localização do TOMI: Santiago de Chile. Nesta cidade desenvolveu-se um laboratório digital urbano para smart cities, e o TOMI é uma parte ativa deste projeto inovador. Em Portugal, as smart cities também são uma prioridade, havendo cada vez mais iniciativas e eventos relacionados com o tema, onde o TOMI também marca presença. 

Que outros passos estão previstos para alcançar esse objetivo?

Estamos a desenvolver outros projetos para nos mantermos na linha da frente das smart cities. Estamos a desenvolver formas de tornar o TOMI ainda mais acessível para todos, e incluir outras funcionalidades que permitirão desempenhar outras tarefas diárias diretamente na rua. Temos um desenvolvimento contínuo de novos serviços que lançamos em parceria com as cidades onde estamos ou prevemos estar.Estamos sempre recetivos a novas iniciativas para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

Em seis anos, qual o balanço dos vários equipamentos TOMI? 

Em seis anos, o balanço é muito positivo. O TOMI evoluiu e as cidades evoluíram com ele. Desenvolvemos novas funcionalidades para estarem ao serviço dos cidadãos, criamos mais experiências interativas com os utilizadores e expandimos para todo o país e internacionalmente. Em Portugal, estamos em cerca de 100 cidades. Em 2016, chegamos ao outro lado do Atlântico no Rio de Janeiro e já este ano chegámos a Santiago de Chile. Tem sido uma viagem de inovação e de expansão, com retorno visível: as interações têm vindo a crescer substancialmente.

Qual é o perfil do utilizador?

Todos os meses publicamos relatórios que identificam o número de interações, fotos enviadas e visualizações. São valores que corroboram as funcionalidades do TOMI enquanto solução de smart cities e como o melhor amigo da cidade. Desenvolvemos o TOMI para ser acessível a todos. Através das nossas métricas, conseguimos perceber quais os módulos mais utilizados (procurar, agenda, transportes, notícias), e dentro destes quais as categorias que as pessoas mais utilizam, o que procuram. Desta forma conseguimos otimizar o nosso conteúdo às necessidades e expetativas dos utilizadores, no lugar certo à hora certa. 

Qual tem sido a evolução em termos da inovação dos próprios equipamentos e dos serviços que disponibilizam?

O TOMI está sempre em evolução. Por exemplo, quando chegámos ao Rio de Janeiro, como implementámos os TOMI na orla costeira ao longo de todo o calçadão, introduzimos novas funcionalidades como informar se a qualidade da água do mar está própria para banho, e que tipo de protetor solar se deve utilizar de acordo com os raios UV naquele momento.
Desenvolvemos também o TOMI PAY, que permite o pagamento de produtos e serviços diretamente num TOMI através de um cashless sistem. Os vídeos passaram também a ser interativos com a funcionalidade ‘Power Ad’. Quando se toca nestes vídeos, o TOMI redireciona o utilizador para conteúdo relacionado com o vídeo. Esta nova funcionalidade permite às marcas que comunicam no TOMI criar experiências mais envolventes com o seu público-alvo. O TOMI é um enorme sucesso no mercado publicitário, já que disponibiliza novas ferramentas para as marcas criarem mais engagement, criar ativações de marcas mais interativas e levar a publicidade Digital Out of Home para outro nível. Em 2016, o TOMI foi distinguido pela FEPE International, Federação Internacional de Empresas de Publicidade Outdoor, com o “Technical Innovation Award”, o mais alto galardão mundial de inovação do sector, o que reconhece a importância do TOMI nesta área. 
Contamos introduzir muito mais funcionalidades e inovações e continuar a melhorar o produto que as pessoas já utilizam diariamente.

Quais as perspetivas de crescimento? Vamos ter mais cidades portuguesas com TOMI?

Estamos a trabalhar para expandir o TOMI nas cidades de Portugal de norte a sul e pretendemos levar o TOMI não só para novas cidades, mas também aumentando o número de equipamentos nas cidades onde já estamos. Ainda este mês contamos inaugurar três novas localizações.

E a nível internacional?

Depois de termos inaugurado a rede TOMI no Rio de Janeiro, em 2016, abrimos a rede Santiago de Chile em junho de 2018. O TOMI chegou a Santiago, capital do Chile, com diversos equipamentos instalados no centro da cidade. Esta implementação faz parte do projeto que pretende elevar esta cidade a smart city. Numa primeira fase. os TOMI foram instalados no Paseo Bandera, uma das ruas mais conhecidas do centro da cidade que foi recentemente renovada e transformada em rua exclusivamente pedonal. Pretendemos continuar a expansão do TOMI a nível mundial e estamos em negociações com as principais cidades nos cinco continentes.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

segunda-feira, 09 julho 2018 12:37

bt nl

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing