Entrevistas

Agência digital do ano? O João mostra os trunfos da LOBA

A LOBA foi eleita agência digital do ano nos Lusófonos. Um prémio que, diz o CEO, João Gaspar, é um barómetro da qualidade do trabalho desenvolvido há 18 anos. O caminho, diz, tem sido consistente e assente na convicção de que a experiência do cliente é, cada vez mais, o fator diferenciador das marcas.

quarta, 18 julho 2018 12:48
Agência digital do ano? O João mostra os trunfos da LOBA

 

Briefing | O que significa ter sido eleita agência digital do ano portuguesa e lusófona na última edição dos Prémios Lusófonos da Criatividade?

 João Gaspar | É o resultado da consistência da agência, nomeadamente na área digital, onde trabalhamos desde há 18 anos em projetos e clientes variados. Para este prémio fizeram parte projetos promocionais como de negócio, onde, em todos eles, conciliamos design, usabilidade e tecnologia. Por outro lado, é um prémio para o desempenho da equipa, que, com competência e paixão, desenvolve os projetos com foco total na user experience.

O que dizem estes prémios do desempenho da LOBA?

Temos 18 anos a trabalhar a área digital com uma equipa crescente e num processo de melhoria contínua num ambiente inovador. Estes prémios são indicadores que este trabalho da equipa está no caminho certo.

O que diferencia a agência no contexto da indústria da publicidade e marketing em Portugal?

Temos feito um caminho muito próprio. Primeiro, acreditamos que a experiência de cliente é cada vez mais o principal fator diferenciador das marcas e isso está em tudo o que fazemos, desde o recrutamento das pessoas, aos serviços globais e integrados que prestamos e ao foco de cada elemento da equipa no que faz. Depois, porque apresentamos uma equipa e uma metodologia de trabalho que nos permite verdadeiramente assessorar os nossos clientes tanto nos grandes e longos projetos como nos trabalhos de melhoria contínua. Os nossos valores da positividade, inovação e confiança são corporizados pela equipa em tudo o que fazemos.

Numa era em que o digital é a norma, não a exceção, continua a fazer sentido a definição de agência digital?

Agência digital é uma convenção que o mercado criou e que tem procura. É um subsegmento que ainda tem enquadramento e que inclui um conjunto de valências que nem todas as agências podem entregar. Na LOBA trabalhamos o digital de uma forma global: serviços e ferramentas de desenvolvimento web e marketing digital para promoção, comunicação e negócios.

Em que medida é que as ferramentas digitais são centrais numa estratégia de comunicação? E que contribuem podem dar para os resultados de negócio das marcas?

À medida que os pontos de contacto das marcas com os clientes são cada vez mais próximos, a personalização, automatização e globalização são, naturalmente, digitais. Assim, a digitalização da comunicação acompanha a transformação digital a que assistimos.
Os meios digitais potenciam o alcance de qualquer marca, permitindo que marcas pequenas e/ou iniciantes possam alcançar um público global e concorrer com as maiores. As regras da comunicação são as mesmas, pois, afinal de contas, os destinatários continuam a ser pessoas influenciadas pelos mesmos fatores, mas os meios e as técnicas digitais permitem um alcance tal com o qual as organizações estão ainda a aprender a ter em conta.

O que define uma estratégia de marketing digital eficaz?

Uma estratégia de marketing digital eficaz tem que ter a capacidade de ser sempre fiel à mesma estratégia e posicionamento e conseguir um desdobramento para os diversos momentos e pessoas que vai impactando. A capacidade de reagir aos subsegmentos nos micromomentos é que faz a diferença.

Nos Lusófonos, além de agência digital portuguesa, foi também eleita agência lusófona. Com que mercados da lusofonia trabalha?

Na LOBA temos experiência de trabalho com o mercado brasileiro, onde temos escritório em São Paulo, e com Angola, onde durante vários anos fizemos muito trabalho através do nosso escritório de Luanda e ainda continuamos a colaborar.

E há outros mercados no portefólio da agência?

Na LOBA temos uma grande especialização na comunicação de ciência participando em projetos europeus, onde somos a 3.ª maior empresa portuguesa em participações no programa de financiamento Horizon 2020 promovido pela Comissão Europeia. Nesse âmbito, temos uma rede de parceiros e clientes internacionais, nomeadamente europeus, com quem colaboramos permanentemente.

Além deste prémio, a LOBA recebeu outros recentemente. O que valem? Trazem clientes? Ou são sobretudo reputacionais?

Existe uma pequena fatia de clientes que valorizam os prémios pela garantia de que a agência premiada pode dar na qualidade do que faz. Na verdade, os prémios são um barómetro da qualidade do que fazemos e, não sendo para eles que trabalhamos, são um reconhecimento. Para os nossos clientes, da aposta que fazem na nossa agência e para a nossa equipa, da dedicação que colocamos em tudo o que fazemos. Temos tido outros reconhecimentos de índole não criativa, como o facto de sermos sete vezes consecutivas PME Excelência, que é também uma segurança para os nossos clientes quando procuram um parceiro que lhe dê a garantia de continuidade dos projetos.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing