Entrevistas

Começa uma nova era no OLX. Diz o Sebastiaan

Com nova imagem e identidade visual, o OLX inicia uma nova era. Ganha uma personalidade mais divertida, dinâmica e moderna, em linha – diz o CEO da empresa em Portugal – com a experiência na plataforma de compra e venda de produtos e serviços na Internet. Para este ano, a ambição é manter a tendência de crescimento, embora Sebastiaan Lemmens admita o impacto significativo, ainda que incerto, da Covid-19 no negócio. Certa é a oportunidade que a pandemia evidenciou: a necessidade de acelerar a transformação digital da economia portuguesa.

quarta-feira, 17 junho 2020 10:57
Começa uma nova era no OLX. Diz o Sebastiaan

 

Briefing | O que motiva o rebranding do OLX, 11 anos depois da última renovação?

Sebastiaan Lemmens | É o começo de uma nova era para o OLX. É uma das marcas mais reconhecidas em Portugal e queremos começar esta nova fase com uma imagem que faça jus ao posicionamento, cujo maior objetivo é melhorar a vida das pessoas. Esta nova imagem simboliza o nosso propósito de desempatar a vida das pessoas e empresas em qualquer momento e de uma forma mais divertida, moderna e simples.

Este é o primeiro passo para a construção do OLX que desejamos num futuro próximo: com uma experiência aprimorada que permite tornar as compras e vendas mais simples, mais personalizadas, mais arrojadas e mais convenientes para milhões de utilizadores.

Nos últimos anos, o OLX tem trabalhado bastante nos bastidores para melhorar a plataforma e foram feitos alguns avanços técnicos, invisíveis por vezes aos olhos dos clientes, que nos permitirão inovar muito mais rapidamente.

O que muda com o rebranding?

Antes de mais, muda a imagem da marca. Agora, reflete a nossa personalidade e ambição: sermos divertidos, dinâmicos, enérgicos e disponíveis para ajudar os utilizadores a desempatarem as suas vidas.

Vemos o OLX como o facilitador de escolhas inteligentes em todos os momentos da vida. Tem praticamente tudo, para comprar, vender, montar um negócio, encontrar uma casa, encontrar um emprego ou até defender o planeta pelo incentivo aos negócios de itens em segunda mão.

Em termos de funcionalidade, houve algumas melhorias na usabilidade de alguns recursos, mas nada de muito significativo para já. Em termos de backend, mudámos muito em questões técnicas da plataforma. Este será apenas o ponto de partida e nos próximos anos vamos introduzir muitas mais inovações.

Claro que todo o processo de renovação da marca não é automático. O refresh do OLX está pronto, mas temos que melhorar a nossa marca e os nossos serviços para transmitir sempre o nosso propósito de desempatar vidas. Para o futuro próximo prometemos muitas novidades.

O que representa o novo logotipo?

A nova imagem do OLX representa a nossa evolução no sentido de ajudar todos a fazer escolhas certas - a desempatar as suas vidas. O logotipo simboliza escolhas, apontando através de círculos ótimas descobertas no OLX com o "O" e riscando as alternativas com o "X". Além disso, funciona perfeitamente em diferentes criatividades, devices e projetos, desde um pequeno ícone na app até a um outdoor gigante na rua. Adorámos esta adaptabilidade.

Sendo um rebranding internacional, há diferenças em Portugal em relação ao que foi implementado noutros países?

O posicionamento global será “smart choices”, mas cada país vai adaptá-lo às particularidades das respetivas culturas e mercados. O OLX Portugal já tinha feito este trabalho há um ano ao lançar o “desempata a vida” e ao renovar o tom de voz da marca. A nova assinatura foi inspirada no posicionamento global, o “smart choices”, mas adaptado à realidade nacional.

Qual o briefing que deram à agência responsável pelo rebranding?

O novo logotipo foi desenvolvido pela DesignStudio, a quem pedimos uma identidade visual que projetasse uma imagem divertida, dinâmica e, ao mesmo tempo, acessível a todos.

Pedimos um OLX que possa simbolizar o 'desempata a vida'. Queremos incentivar e capacitar as pessoas para mudarem as suas vidas, quer seja comprando um produto a um preço mais barato, encontrando uma nova casa ou um novo emprego ou outros serviços que lhes possam ser úteis em diferentes momentos da vida. Tendo sempre presente que ao negociarem através do OLX contribuem desde logo para a redução da pegada ecológica, porque dão maior longevidade aos produtos e evitam desperdícios que produzem emissões desnecessárias de CO2.

Por que motivo o OLX decidiu manter a assinatura?

Começámos no ano passado com uma campanha de reposicionamento, atualizando a personalidade, tom de voz e assinatura - desempata a vida. Esta mudança de imagem é, na verdade, o segundo passo, o passo principal que vai ligar tudo.

Como primeiro passo, no ano passado, fizemos um ótimo trabalho com a Torke CC para reconstruir a nossa comunicação e assumimos um tom de voz mais divertido, disponível e próximo. Posicionámos o OLX como um facilitador de escolhas inteligentes, porque as pessoas podem encontrar ou anunciar praticamente tudo na plataforma.

O nosso objetivo era mudar tudo ao mesmo tempo, mas a alteração da imagem não depende apenas da equipa portuguesa. Assim, decidimos começar a mudar o que dependia só de nós e agora avançámos com este segundo passo juntamente com os restantes mercados.

Em termos de negócio, o que muda com o rebranding?

Com a simplificação do nosso backend temos o caminho preparado para continuar a melhorar os nossos serviços e, consequentemente, a vida dos portugueses.

Quais as ambições do OLX em Portugal para este ano?

Este ano, o OLX pretende manter a tendência de crescimento. Também iremos dobrar o crescimento da nossa oferta profissional na plataforma para apoiar as PME portuguesas a entrarem no universo online.

Este rebranding inicia uma onda de melhorias e inovações neste e nos próximos anos. Garantiremos mais apoio durante a transação, tornando-a mais fácil e cómoda, teremos melhores ferramentas para profissionais e facilitaremos a localização, estruturando melhor as categorias e melhorando o desempenho das aplicações. Estamos ainda a preparar mais ferramentas e a aprimorar a segurança e comodidade das transações e contamos ter mais novidades em breve.

Esta entrevista pode ser lida na íntegra na edição de junho da Briefing.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

quarta-feira, 17 junho 2020 12:04

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing