Entrevistas

Há reputação n’O Outro Lado da L’Oréal. E o Tiago explica porquê

O que levou a L’Oréal a querer mostrar “O Outro Lado”? O diretor de Marketing Mass em Portugal, Tiago Melo, diz que o objetivo é acrescentar transparência à relação de confiança com o consumidor, indo além dos produtos. No fundo, trata-se de cimentar a reputação.

quarta-feira, 04 novembro 2020 12:42
Há reputação n’O Outro Lado da L’Oréal. E o Tiago explica porquê

 

Briefing | Era importante mostrar “O Outro Lado” da L’Oréal? Porquê?

Tiago Melo | Sim, muito importante. Queremos ser cada vez mais transparentes e próximos do consumidor, só assim construímos uma relação de confiança e credibilidade entre a marca e os portugueses. Somos uma marca com notoriedade, líder de mercado em muitas categorias e sentimos necessidade de mostrar mais, além dos nossos produtos. Acreditamos que há uma história real que deve ser contada, para revelar o trabalho, a missão e os valores da marca L’Oréal Paris.

 

E que lado é esse?

“O Outro Lado de L’Oréal Paris“ é  uma iniciativa internacional única que pretende revelar o que está por detrás da marca e que merece ser contado. A marca quer revelar o lado da ciência e da sustentabilidade e que, localmente, estendemos também à revelação do lado da responsabilidade social e inclusão, áreas para as quais temos tido uma agenda relevante. A marca abre, assim, as portas dos laboratórios e da sua casa, numa iniciativa que dá a conhecer o seu lado B e que a maioria das pessoas desconhece.

 

Era apenas invisível aos olhos do consumidor ou era também um lado em que a marca apostava menos?

Estes três pilares sempre estiveram e estão no ADN da marca. Mas, era um lado não tão evidenciado na nossa comunicação, e acabava apenas por tocar os consumidores que, de alguma forma, tinham curiosidade ou, de uma maneira ou de outra, experimentavam um impacto visível no seu dia a dia. Com este projeto, estamos a dar destaque à ciência, à sustentabilidade dos produtos e estamos a tornar essa comunicação acessível a todos, revelando o que fazemos, como fazemos e porquê.

 

O que acrescenta à marca dar agora a conhecer esse lado?

Agora, mais do que nunca, acreditamos que este lado mais intimista e de proximidade vai ajudar-nos na relação com os nossos consumidores e aumentar a confiança dos mesmos.  

 

É uma nova estratégia de marketing, um novo posicionamento?

É, sobretudo, um projeto global da marca, a longo prazo, para dar a conhecer a ética, a sustentabilidade, os ingredientes e a segurança dos nossos produtos, indo além dos nossos produtos, apenas enquanto cuidados de beleza que estão à venda em super e hipermercados. E, em Portugal, adicionamos também na agenda de temas, a inclusão, pela sua relevância.

Na verdade, não deixa de ser uma estratégia de marketing, pelas ativações que estão a ser feitas e materialização das mesmas, mas também não deixa de ser um posicionamento, pela forma como a marca L’Oréal Paris quer construir a sua reputação, aproximando-se do consumidor e tendo uma relação de transparência e confiança com os portugueses, a longo prazo.

 

Como se vai materializar em Portugal? É meramente institucional ou há lançamentos associados?

Em Portugal, o projeto vai materializar-se num conjunto de ações locais que permitirá desvendar curiosidades e factos pouco conhecidos. As campanhas de media (Revitalift e Elvive) serão adaptadas com intérpretes de língua gestual. Existirão ativações junto dos consumidores, comunicação digital educacional e interativa com especialistas em ciência e também com embaixadores, que vão explicar aos seus seguidores como atuam realmente os ingredientes e fórmulas na sua pele, cabelo, etc. Por detrás de qualquer campanha de marketing existe ciência e factos concretos para que se possam afirmar determinados claims.

Deste projeto faz também parte a série documental, de periodicidade semanal, que estreámos recentemente e que conta já com dois episódios, com a Cátia Monteiro (embaixadora do projeto Beleza para Todos) como primeira convidada, revelando o que é o conceito de beleza para uma pessoa cega e como L’Oréal Paris contribui para a sua autoconfiança e empowerment. Susana Chaves, ex jornalista e editora de Beleza, é a protagonista do segundo episódio e partilha qual o significado do conceito de Beleza para si e do valor da marca L’Oréal Paris no mundo da Beleza.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

quarta-feira, 04 novembro 2020 13:25

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing