Entrevistas

Low touch. Na Sport Zone, o Jorge dá o toque

Vamos entrar numa low touch economy, em que a aceleração da digitalização do negócio do retalho é inevitável e irreversível. A convicção é do diretor de Marketing e eCommerce da Sport Zone, Jorge Simões, que partilha, em entrevista, os próximos passos da marca neste domínio.

terça-feira, 11 maio 2021 12:19
Low touch. Na Sport Zone, o Jorge dá o toque

 

 

Briefing | A Sport Zone está a levar a cabo o movimento #EuFacoDesporto. De que modo se insere na estratégia da marca?

Jorge Simões | Um dos grandes objetivos da Sport Zone, como marca associada ao desporto, tem vindo a ser o de motivar os portugueses a adotarem um estilo de vida mais ativo, praticando desporto, qualquer que ela seja. O movimento #EuFacoDesporto vem reforçar ainda mais esta nossa estratégia e pretende realçar os benefícios do desporto para a saúde, não só física, mas também mental. Com a ajuda de algumas figuras conhecidas dos portugueses, mais do que espalhar eficazmente esta mensagem positiva pretendemos aumentar a nossa capacidade de inspirar as pessoas a iniciar ou manter um estilo de vida em que o desporto é parte essencial e indispensável.

- A marca apresentou em abril Cláudia Borges e Francisca Pereira como embaixadoras para este ano. É uma forma de reforçar o posicionamento junto das famílias?

O público feminino, nomeadamente o das mães, é um dos pilares da comunicação da Sport Zone e, tendo a Cláudia e a Francisca estilos de vida e filosofias semelhantes àqueles que defendemos, pretendemos contar com a ajuda delas na disseminação da nossa mensagem junto desse mesmo público. No final de contas, o grande objetivo desta parceria é mostrar que o desporto é fundamental na vida de todos e que por muito ocupado que seja o nosso dia há sempre espaço para a atividade física. Nesta primeira ação conjunta, focamos a mensagem no papel de mãe, destacando que uma mãe que cuida de si, cuida melhor dos seus e, para isso, o desporto é fundamental. Contamos, assim, com a Claudia e a Francisca para promover mensagens positivas e aspiracionais, que permitam aumentar a comunidade desportiva em Portugal e valorizar a atividade física como fator de transformação pessoal, tanto a nível físico como mental.

- A Sport Zone adaptou-se às restrições em período de pandemia com a criação do Sport Zone Gym online e depois Outdoor e este ano com a parceria com a Homefitness. Qual tem sido o retorno para a marca?

Percebemos que existe uma grande recetividade dos portugueses a formatos digitais, acessíveis, que permitam realizar atividade física como e quando assim o desejarem daí a parceria estabelecida com a Home Fitness.

O retorno tem sido muito positivo, com um enorme envolvimento da comunidade com os conteúdos quer do Sport Zone Challenge quer do Sport Zone Tips desenvolvidos em parceria com a Home Fitness.

 

- E como se está a adaptar a marca ao atual período de desconfinamento?

Tem sido um bom regresso, com os portugueses a aderirem de forma favorável à abertura das lojas, sem receios, até porque estão cientes de que as lojas seguem todas as regras de segurança impostas pelas autoridades de saúde. Estamos otimistas com o que aí vem e satisfeitos por notar que os portugueses estão a aproveitar o exterior não só para de alguma forma “compensarem” o tempo que estiveram em casa, mas também para praticar desporto ao ar livre. Estamos a reforçar também na nossa comunicação a versatilidade da atividade desportiva dando opções aos portugueses de atividades para realizarem nesta nova fase de desconfinamento. Sempre com conforto e máxima segurança

- O reforço do digital veio para ficar?

A Sport Zone continua a focar-se tanto nas lojas físicas como no digital, porque o nosso cliente assim o exige. Com a realidade atual, é natural que os comportamentos do consumidor se modifiquem de uma forma irreversível e que obriguem a alterações na forma como o retalho vai operar daqui em diante. Esses comportamentos vão acelerar a digitalização do negócio de retalho, seja essa digitalização através de um site (e-commerce) ou através da digitalização de processos em loja. Acreditamos que vamos entrar numa low touch economy onde a digitalização de processos e até da venda vai acelerar bastante.

 

- Que outras novidades tem a Sport Zone preparadas para este ano?

Neste momento estamos muito focados na reabertura das nossas lojas e em garantir a segurança de todos os nossos colaboradores e clientes.

No que concerne a outros projetos, encontramo-nos a criar um espaço dentro da nossa loja do Colombo para acolher a equipa da Home Fitness e conseguirmos dinamizar e promover quer conteúdos quer ativações de fitness ao longo do ano.

Por outro lado, pretendemos ampliar a nossa oferta de produtos desportivos por isso teremos algumas novidades já nos próximos meses.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

quarta-feira, 12 maio 2021 15:52

bt nl

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing