Entrevistas

A MagniFinance viaja para a Europa. Conta o Jorge

A MagniFinance desenvolveu um plano de crescimento e expansão para a Europa, estando a preparar-se para entrar em Espanha, Alemanha e Áustria. A ambição da startup nacional para os próximos anos é abranger a maioria dos países do Velho Continente, ao mesmo tempo que melhora os serviços, de forma a torná-los cada vez mais simples de utilizar. Quem o afirma é o CEO, Jorge Santos.

quarta-feira, 15 setembro 2021 11:35
A MagniFinance viaja para a Europa. Conta o Jorge

 

Briefing l O que motivou a entrada da MagniFinance no mercado europeu, com a expansão, até ao próximo semestre, para Espanha, Alemanha e Áustria? 

Jorge Santos l Desde a sua criação que a MagniFinance tem como objetivo ser uma empresa global. Após o percurso de aprendizagem e maturação que percorremos ao longo dos últimos seis anos a consolidar a nossa posição no mercado português, iniciamos esta nova fase da empresa em que estamos a dar os primeiros passos da internacionalização. Temos clientes nacionais que procuram tirar partido dos nossos serviços no estrangeiro e também clientes internacionais que utilizam os nossos serviços em Portugal. Nesta fase, queremos poder tirar mais partido do trabalho que temos feito nos últimos anos a ajudar empresários e empreendedores a gerir melhor as finanças, das suas empresas e a automatizar os processos de faturação de Marketplaces e eCommerces, expandindo os nossos serviços a milhares de outras empresas pela Europa.

 

O que justifica a escolha destes três países? Há outros em perspetiva? 

Escolhemos Alemanha, Áustria e Espanha devido a vários fatores. Um fator relevante é a proporção do mercado, a Alemanha tem por volta de 80 milhões de habitantes e cerca de 2,5 milhões de PME. Espanha, além de ser a nossa vizinha, tem uma média de 45 milhões de pessoas e, por volta de 2,8 milhões de PME. Áustria, apesar de ser um país menor e ter uma média de 335 mil PME, foi adicionada porque, pelos nossos estudos, no momento em que ajustarmos o nosso produto para a Alemanha, será mais “fácil” ajustá-lo para a Áustria também, visto que o idioma é o mesmo e a estrutura é similar.  
Sim, nesta fase que decorrerá ao longo dos próximos anos, queremos abranger a maioria dos países da Europa. A MagniFinance tem ambição no seu ADN, mas neste momento queremos aprender a internacionalizar, analisar o crescimento nos três mercados escolhidos, recolher experiência. Posteriormente, escolher mais mercados e continuar o crescimento.

 

Quais os objetivos de negócio após esta internacionalização para mais três países? 

Os nossos objetivos passam por continuar a melhorar os serviços que fornecemos de forma a os tornar cada vez mais simples de utilizar e poderosos. As necessidades que tentamos suprir são as necessidades dos negócios que querem ser competitivos, eficientes e eficazes e, por essa razão, são necessidades que se aplicam em qualquer parte do mundo. O objetivo principal da MagniFinance é conseguir obter e crescer a participação no mercado global, eventualmente, estabelecendo escritórios e equipas locais, adicionando novos recursos de acordo com as necessidades do mercado.

 

Que balanço faz deste último ano? 

Durante os primeiros quatro meses deste ano ainda estávamos numa fase em que o pico da pandemia afetava todos os setores da economia mundial. Percebíamos que muitas empresas com as quais temos contacto permaneciam retraídas, com receio de fazer planos para o futuro e sem fazer grandes previsões. 
No entanto, com o início da vacinação e as novas medidas menos restritas do governo, vimos uma reativação da economia, em que muitas das empresas com as quais temos contacto tentaram a tentar acertar o timing do regresso à normalidade, ou ao menos, ao “novo normal”. 

Internamente, decidimos investir o esforço deste último ano em desenvolvimento de melhorias à nossa plataforma, criando novas funcionalidades baseadas em sugestões dos nossos próprios clientes. 
Fortalecemos a nossa equipa em várias áreas e também iniciamos o trabalho na internacionalização para os três países, com a contratação também de pessoas específicas para estudar o mercado e trabalhar na expansão da empresa.

 

Qual a maior ambição da startup? 

Ajudar o empresário ou empreendedor na gestão da sua empresa, permitindo que este se foque no "core" dos seus negócios. Queremos redefinir o conceito de controlo financeiro para que seja algo que descomplique a vida do gestor. Dedicamo-nos diariamente à elaboração e constante melhoria de ferramentas integradas numa só plataforma que descomplicam o controlo financeiro e a faturação, acreditamos em dar ao gestor mais tempo para evoluir o seu negócio e fortalecer a sua capacidade de ser competitivo. Para nós, a fonte de todo o sucesso empresarial provém do serviço de qualidade que a empresa oferece, da equipa estar alinhada nos mesmos objetivos e dos seus esforços. Na MagniFinance, temos profissionais talentosos e dedicados, damos o nosso melhor, procuramos sempre trazer soluções inovadoras para facilitar a rotina dos empresários, ouvimos o que os nossos clientes dizem, todo feedback é muito valioso para nós. Além de uma equipa de apoio ao cliente, temos uma equipa de Customer Success que está disponível por telefone, email ou chat. Esta equipa tem como objetivo o sucesso dos nossos clientes através da utilização da nossa plataforma e é através dela que ouvimos o que estes nos dizem, os seus objetivos e necessidades, todo feedback é muito valioso para nós e revertemos este conhecimento em melhorias à nossa plataforma.

 

Dentro de cinco anos, o que gostariam de já ter conquistado? 

É difícil fazer uma previsão realística do que conseguiremos alcançar nos próximos cinco anos quando a empresa tem apenas seis, mas vamos trabalhar para conquistar uma posição relevante nos maiores mercados da Europa, e daqui a cinco anos estar já a planear a próxima fase da empresa. 

 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

quarta-feira, 15 setembro 2021 12:06

bt nl

Liga-te com o Coração

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing