Fibra

O Facebook quer globalizar o acesso à internet

Cerca de cinco biliões de pessoas em todo o mundo não têm acesso à internet e o Facebook está disposto a gastar milhões de dólares para mudar isso. A companhia de Mark Zuckerberg anuncia agora a criação de drones alimentados por energia solar que irão permitir o acesso global à internet.

sexta, 27 março 2015 10:52
O Facebook quer globalizar o acesso à internet

O projeto com o nome de código Aquila já está em desenvolvimento. O Facebook adquiriu a produtora de painéis solares Ascenta no ano passado e a equipa de design de drones está já a desenvolver uma plataforma capaz de aguentar três meses em altitudes compreendidas entre os 60 mil e os 90 mil pés de altitude.

Segundo a organização, cerca de mil drones serão suficientes para cobrir o planeta com ligação à internet a alta velocidade. O Facebook está também a ponderar a aposta em satélites para as regiões mais remotas ou mais hostis para os drones.

Acrescenta Yael Maguire, chefe do laboratório de conectividade do Facebook, que a empresa quer servir todas as pessoas do mundo e que os testes iniciais já estão agendados para o verão de 2015, ainda que o projeto só esteja totalmente operacional dentro de alguns anos.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing