Fibra

Mercado nacional de TI vai crescer 2,6% em 2016

Uma conclusão do inquérito "Tendências das TIC nas Organizações Nacionais em 2016", conduzido pela IDC em 426 empresas. A análise destaca que 42% das companhias nacionais irá manter o investimento em tecnologias de informação (TI) e 30% espera aumentá-lo.

quarta, 27 janeiro 2016 12:00
Mercado nacional de TI vai crescer 2,6% em 2016

Relativamente às estratégias de crescimento para os próximos 12 meses, a maioria dos inquiridos (53%) irá apostar no desenvolvimento de novos produtos e serviços, 46% pretende crescer em quota de mercado, 36% irá investir na internacionalização e novos mercados, e 24% procura firmar alianças estratégicas.

Sobre as prioridades dos departamentos de TI, a IDC concluiu que 51% pretende melhorar a capacidade de resposta aos novos requisitos de negócio, 38% dos entrevistados refere que as infraestruturas serão consolidadas, 28% irá atualizar a infraestrutura, 27% procura melhorar processos, 25% irá reduzir os custos e 20% dos inquiridos afirma que pretende adotar serviços de cloud computing, aumentar segurança dos dados corporativos e reduzir a complexidade das TI.

Se o investimento em TI vai manter-se positivo, também as despesas com hardware tendem a crescer. A IDC apurou que os PC, armazenamento e redes estão no top de prioridades das organizações portuguesas. Simultaneamente, as aplicações de negócio, serviços de cloud computing e integração SI (sistemas de informação), crescerão a dois dígitos.

Ainda assim, no que diz respeito às decisões de investimento em TI, o próprio departamento perderá relevância, dominando os projetos liderados e geridos conjuntamente pelo departamento de TI e áreas de negócio (44%).

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing