Fibra

Facebook, Twitter, Microsoft e Google unem-se contra violência online

O Facebook, o Twitter, a Microsoft e a Google aprovaram o regulamento da União Europeia que prevê a revisão da maioria dos conteúdos de ódio partilhados naquelas redes sociais, num prazo máximo de 24 horas após a notificação, bem como removê-los, se necessário.

terça-feira, 31 maio 2016 12:15
Facebook, Twitter, Microsoft e Google unem-se contra violência online

O objetivo deste código de conduta é combater os discursos de ódio e a propaganda terrorista no continente europeu. As novas regras, anunciadas esta terça-feira pela Comissão Europeia, obrigam ainda as companhias tecnológicas a identificar e promover narrativas independentes que sejam contrarrespostas àqueles conteúdos.

Vĕra Jourová, comissária da União Europeia para a Justiça, Consumidores e Igualdade de Género, afirma que os recentes ataques terroristas reforçaram a necessidade de lidar com os discursos de ódio publicados online.

"Estamos comprometidos em dar acesso a informação aos utilizadores através dos nossos serviços, mas sempre proibidos discursos de ódio ilegais nas nossas plataformas", afirma Lie Junius, head de Políticas Públicas e Relações Governamentais da Google.

"Temos sistemas eficientes para rever as notificações válidas em menos de 24 horas e para remover conteúdos ilegais. Estamos satisfeitos por trabalhar com a Comissão no codesenvolvimento de formas de luta contra o ódio online", conclui Lie Junius.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

terça-feira, 31 maio 2016 14:00

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing