Fibra

Há software de áudio português em Hollywood

O Sound Particles, software de áudio criado por Nuno Fonseca, docente do Politécnico de Leiria, está a ser utilizado em Hollywood. Depois de filmes como "Poltergeist" ou "Batman v Superman", a tecnologia portuguesa regressa às salas de cinemas este verão com as estreias de "Tartarugas Ninja Heróis Mutantes: O Romper Das Sombras", "O Dia da Independência: Nova Ameaça", "As Caça-Fantasmas" e "Os Sete Magníficos".

quarta-feira, 06 julho 2016 10:00
Há software de áudio português em Hollywood

O Sound Particles, como o nome indica, permite simular por computador milhares de sons em simultâneo e, muito embora possa ser utilizado em qualquer filme, "foi pensado essencialmente para grandes produções de Hollywood, com cenas épicas com milhares de coisas a acontecer ao mesmo tempo", explica o criador, Nuno Fonseca.

"Atualmente, a criação do som para uma cena épica, como uma batalha, é um processo essencialmente manual – o sound designer vai adicionando som após som, provavelmente existindo cerca de 100 sons em simultâneo. Com esta tecnologia, o software consegue criar milhares e milhares de sons, poupando tempo e obtendo resultados mais realistas", exemplifica o docente.

Ao longo dos últimos dois anos, Nuno Fonseca tem dado palestras nos principais estúdios de Hollywood, incluindo Skywalker Sound, Warner Bros, Universal, 20th Century Fox, Technicolor (Paramount Studios), Pixar, Pinewood Studios (UK), estando já agendado um evento em outubro. na Sony Pictures. organizado pela Motion Pictures Sound Editors (MPSE), a principal associação de editores áudio de cinema.

Nuno Fonseca é coordenador da licenciatura em Jogos Digitais e Multimédia e professor no departamento de Engenharia Informática da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico de Leiria.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing