Fibra

Google quer abrir as portas da Inteligência Artificial

A Google pretende tornar a IA mais acessível e está a transferir capacidades do Google Lens para o Google Assistant e para o Google Photos. Estas são algumas das novidades anunciadas pela CEO da empresa, Sundar Pichai, na abertura da Google I/O 2017.

sexta, 19 maio 2017 10:01
Google quer abrir as portas da Inteligência Artificial

"Estamos atualmente a testemunhar uma nova mudança na computação: a passagem do mobile-first para um mundo IA-first", refere a CEO. "Os problemas mais complexos tendem a ser, geralmente, aqueles que afetam o dia a dia das pessoas e é entusiasmante perceber como muitas pessoas tornaram a Google numa parte dos seus dias", acrescenta.

O Google Assistant está disponível em mais de 100 milhões de equipamentos e, segundo Sundar Pichai, "está a tornar-se, diariamente, cada vez mais útil". É agora possível fazer a distinção entre as diferentes vozes no Google Home, permitindo às pessoas uma experiência mais personalizada quando interagem com o equipamento. Já o Google Lens é um conjunto de recursos de computação baseados na visão que consegue perceber para onde o utilizador está a olhar e ajudá-lo a agir com base nessa informação, características que estão a ser transferidas para o Google Assistant e para o Google Photos.

No Google I/O 2017 foi ainda anunciada a nova geração de TPUs, o Cloud TPUs, otimizados para inferência e formação. Estes serão disponibilizados para o Google Compute Engine.

"Uma das formas que esperamos tornar a IA mais acessível é através da simplificação da criação dos modelos de machine learning denominados por redes neurais", explica a CEO da Google. Assim, uma vez que demora construir redes neurais, foi desenvolvida uma abordagem chamada AutoML, que pretende mostrar que é possível que redes neurais possam criar redes neurais.

A Google.ia tem juntado investigadores com cientistas e programadores para resolverem problemas, uma viragem que "não se trata apenas de construir equipamentos futuristas ou de conduzir investigações inovadoras, mas também pode ajudar milhões de pessoas, ao democratizar o acesso à informação e descoberta de novas oportunidades", acrescenta Sundar Pichai.

Finalmente, de forma a ajudar as pessoas a procurarem empregos em função da experiência e níveis salariais, a Google vai lançar uma nova funcionalidade na Pesquisa.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing