Foresight

O verdadeiro empreendedor

Mariana PerestreloExiste o empreendedor que carrega o instinto de sobrevivência, aliado à criatividade e ao não medo de arriscar, depois existe outro tipo de empreendedor, que apresenta um poder de liderança, de persuasão aliado à responsabilidade e capacidade pessoal e interpessoal.

quinta, 21 novembro 2013 10:31

Um verdadeiro empreendedor aventura-se em qualquer ambiente. É o que acho.

Trabalhar numa grande empresa é como subir num navio e tentar navegar, enquanto lançar uma startup ou um negócio próprio é como construir um barco sozinho, enquanto estamos a afogar-nos.

O Portugal é um país que tem todo o potencial de ser mais empreendedor, ambicioso e expressivo. A combinação de todos estes fatores pode levar as pessoas a dizer "eu posso fazer isto!" mas maior parte das vezes, há muito receio. Na Europa não somos tão ambiciosos mas acontece que no meio desta recessão dos últimos anos, conseguimos assistir a muitos jovens empreendedores a lutar por pequenos negócios que acredito que se forem bons, se distinguirem no bom desempenho e num bom produto, irão dar grandes frutos no futuro. Um verdadeiro empreendedor não vai deixar de abrir um negócio devido à inclinação política do governo e vai sim, acreditar nas suas competências pessoais e na determinação e poder de liderança de um negócio.

O empreendorismo deve ser aprendido e ensinado na escola mas também na vida. Acho que muitas coisas podem ser ensinadas. Mas, com a vida, nós aprendemos muitas lições, sobretudo sobre pessoas; logo a intuição, a experiência e a vontade de o fazer, será sempre insubstituível.

Já tive um negócio próprio, sou viciada em conhecer pessoas, sou uma apaixonada por Lisboa mas faz-me falta beber mais do exterior (viajar). Sou uma curiosa nata por novos negócios mas um dia decidi repensar na minha vida e voltar a aprender numa estrutura grande. Já levantei muitos projetos de raíz e acredito nas minhas capacidades e de muitas outras pessoas. Acredito que Lisboa tem todo o potencial e caminha para ser uma grande capital de start-ups e ainda bem que não emigrei, precisamente por isso :)

quinta, 21 novembro 2013 10:36

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing