Foresight

A humanidade dos clientes

A humanidade dos clientesOs clientes são humanos. E como humanos que são, erram. E como em qualquer profissão, se há erros, há consequências.

segunda-feira, 20 outubro 2014 11:50
A humanidade dos clientes

Fazer diferente, mudar, ousar significa um risco acrescido. E os clientes não estão, na maior parte dos casos, dispostos a arriscar. Porque isso significa que estarão a pôr em causa o seu estatuto.

O que nós, agências criativas, fazemos, quando apresentamos trabalho novo, fresco, inovador, é romper com o status quo e tentar estabelecer um novo. Ora, dá para ver, que assim não vamos lá.

E juntando a isto o facto de lidarmos diariamente com clientes juniores, brand managers e responsáveis de marketing, quando ainda existem mais 3 ou 4 níveis de aprovação acima, fica complicado ver trabalho realmente bom a ir para a rua.

Até aqui La Palisse imperou neste texto, mas o que vem a seguir é que acho que interessa.

Há muito que as agências fazem isto, de uma forma mais ou menos assumida, mais ou menos dissimulada, mais ou menos consciente. Mas a educação do cliente é imperativa para se andar com o comboio para a frente. Desde o momento que se ganha uma conta, as agências têm de ter budget para "Educação do Cliente".

E não existe uma fórmula certa de educação, módulos ou cadeiras fixos que os clientes tenham de passar com distinção. A educação passa pelo envolvimento estratégico do humano-cliente naquilo que foi apresentado aquando do pitch. Trazê-lo para o centro do desenvolvimento das ideias, investir na sua 'formação' levá-lo a eventos nacionais e internacionais, apostar em workshops, formações, tudo o que possa minimizar o tal risco de fazer o novo, o diferente. Encaminhá-lo com exemplos atrás de exemplos, certezas atrás de certezas. Tudo para que o humano-cliente esteja confortável e tenha, também ele, a certeza de que o que a agência está a propor, é o melhor para ele.

E no fim, se o cliente sentir que tudo o que foi feito, foi por obra e graça dele, deixá-lo em paz. Está só a ser humano.

segunda-feira, 20 outubro 2014 13:48

bt nl

Liga-te com o Coração

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing