Foresight

Cannes ou o triunfo da simplicidade, segundo Frederico Roberto

Frederico Roberto, Associate Creative Director na VML LondonSimplicidade. Esta é a palavra que vai marcar, aqui em diante, as conversas sobre o festival de Cannes 2015. É nisso que acredita Frederico Roberto, o associate creative director da londrina VML, demonstrando, para o Briefing, como todos os Grand Prix têm na origem ideias "terrivelmente simples" executadas com "grande mestria".

terça-feira, 30 junho 2015 12:08
Cannes ou o triunfo da simplicidade, segundo Frederico Roberto

Terminou o Festival de Criatividade de Cannes. E, para o bem e para o mal, os trabalhos premiados serão a referência para muitos criativos por esse mundo fora durante o próximo ano que hoje começa.

Mas não só para os criativos. De há 4 anos a esta parte que a comparência e participação activa de grandes clientes no evento tem vindo a aumentar. Por isso, também as Procters, as Unilevers, as Pepsi.cos, etc., sabem o que esperar e o que exigir nos próximos 12 meses.

E se "Coragem" foi o grande denominador comum dos prémios do ano passado (principalmente os GrandPrix), creio que "Simplicidade" será o de 2015. Todos os Grand Prix têm em comum ideias terrivelmente simples, executadas com grande mestria e craft. Ora vejamos:

Outdoor – "Shot on iPhone6" (TBWA/Media Labs)
A derradeira demonstração de produto.

Promo&Activation e Design – "Volvo LifePaint" (Grey London)
A eternal percepção de que Volvo = segurança na estrada. Seja ela para motoristas, peões ou ciclistas.

PR – "#LikeaGirl" (Leo Burnett)
Criamos estereótipos parvos quando crescemos. Não há nada de mal em ser mulher nem há nada que elas não possam fazer tão bem ou melhor que os homens.

Integrated – "Re2pect" (W+K Portland)
Um ícone que elogia outro.

Titanium – "Domino's Emoji" (CP+B)
Como disse o presidente do júri, uma ideia que é potencialmente business changer. Tweetar um emoji para comprar o produto que representa.

Product Design – "Lucky Iron Fish" (Geometry Global Dubai)
Polémicas à parte, de quem criou ou não, é um produto que prima pela sua capacidade de mudar vidas da forma mais mundana possível.

For Good – "This Girl Can" (FCB Inferno)
Parece que oiço os criativos: "A ideia vai ser usar mulheres reais....".

Media - Vodafone's "Red Light" (Y&R Istanbul)
Não interessa se a ideia foi dissimular e esconder a mensagem a veicular. Interessa é que tinha de ser veiculada, de qualquer forma, em qualquer lado.

Cyber – "I will what I want" (Droga5 NY)
Outra demonstração de produto em real-time que levou as pessoas a alterarem as suas percepções apenas por testemunharem o treino da Gisele. Ver para crer.

Press - "Never stop riding" para a cidade de Buenos Aires (La Comunidad Miami)
Uma cidade em perfeita sintonia e movimento com os seus habitantes e principalmente os seus ciclistas.

Radio – "Berlin Wall of Sound" (Grey Berlin)
As histórias que um marco da humanidade tem para contar. Literalmente.

Film – Leica "100" (Saatchi & Saatchi SP) e Geico Pre-Roll (The Martin Agency)
A celebração de uma categoria no filme da Leica e a também celebração da cultura pop online e de consume rápido dos dias de hoje no filme da Geico.

Health – "Intimate Words" (Leo Burnett Mexico)
Destruir tabus com educação. Uma verdade mais que universal.

Pharma – "Take it from a fish" (DigitasLBi's NY)
Educar na forma e conteúdo que interesse ao público-alvo.

Glass – "Touch the pickle" (BBDO India)
Ridicularizar uma situação cultural. Porque a vergonha ainda é um poderoso motor.

Innovation - What3words
Mapear o mundo todo, ao detalhe do Km2, utilizado apenas o verbo. A palavra. Neste caso, 3 delas. Milhões de combinações possíveis.

Direct – "Volvo Interception" (Grey NY)
A guerrilha ao mais alto nível. Usar o tempo de antena dos outros para fazer algo paralelo.

Mobile - Google Cardboard (Google)
Um gigante tecnológico que inveja um produto super artesanal que potencia todos os outros ditos modernos.

É fácil dizer que as ideias mais simples são as mais fortes. É fácil porque, regra geral, é verdade. Mas estamos na Era da execução. Dos "Do'ers". E este ano vimos grande craft. Craft que faz com que tudo pareça...isso mesmo, simples.

quarta-feira, 01 julho 2015 16:17

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing