Marketing

Airport Shopping Online, uma nova forma de fazer compras

 Airport Shopping Online, uma nova forma de fazer compras
Airport Shopping Online é o nome do mais recente projeto da ANA – Aeroportos de Portugal. Trata-se de uma plataforma de e-commerce, desenvolvida para os passageiros dos aeroportos, que contempla várias lojas, marcas e produtos num só espaço.

quarta-feira, 09 maio 2012 23:52

 A nova loja online permite que os artigos à venda na área restrita destinada a passageiros do aeroporto sejam comprados por pessoas que não vão viajar. Contudo, existe uma exceção para este tipo de clientes: “o tabaco e as bebidas espirituosas só podem ser comprados se houve um cartão de embarque”, revela Luis Rodolfo, diretor de retalho da ANA. 

Para além disso, os utilizadores do Airport Shopping não precisam de andar carregados com os sacos das compras, podendo escolher onde levantá-los: ou nos balcões pick up point do aeroporto de Lisboa – um na zona das chegadas (acesso público), outro na sala de embarque (acesso restrito) -, ou recebê-los em sua casa. “Fazemos entregas ao domicílio em quase todos os países da Europa; ainda há algumas exceções. Queremos também passar a fazer entregas em casa no Brasil e em Angola”, revela ao Briefing Marisa Silva, gestora de negócios online da ANA e responsável pelo projeto.

Por ora, apenas o aeroporto de Lisboa possui este serviço mas a ANA quer levá-lo, também, para os restantes aeroportos: “Primeiro queremos consolidar bem o conceito em Lisboa”, explica Luís Rodolfo.

Esta é uma concepção nova não só para o aeroporto de Lisboa mas a nível mundial, segundo revele o diretor de retalho. “É um serviço rápido, simples e cómodo”, adianta.

Apesar de não possuir página própria nas redes sociais, integrando assim o perfil da ANA Aeroportos, o site do Airport Shopping Online permite, entre outras coisas, partilhar os produtos online, assim como colocá-los na wishlist – caso o cliente não queira comprar o produto de imediato – e comparar preços. A plataforma permite ainda que os seus utilizadores façam visitas virtuais de 360 graus pelas áreas comerciais do aeroporto de Lisboa, de forma a que possam conhecer o espaço, as ofertas e promoções (assinaladas no site por uma circunferência),  ainda antes da viagem.

Os passageiros podem ainda efetuar compras através de lojas virtuais, localizadas em diversos pontos do aeroporto, mediante os painéis com código Quick Response (QR) que permite identificar produtos e, igualmente, adicioná-los à wishlist, ao carrinho de compras, ou partilhar nas redes sociais.

Para comunica este novo serviço, o Aeroporto de Lisboa socorreu-se dos mupis da JCDecaux, assim como dos “banners em sites, da revista Livening [revista dos aeroportos geridos pela ANA, S.A] e dos meios de comunicação social”, adianta Marisa Silva. Como o público-alvo são os utilizadores do aeroporto, a ANA não sentiu necessidade de publicitar no exterior a sua nova plataforma online, segundo salienta a gestora.

Catarina Caldeira Baguinho
Fonte: Briefing

 

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing