Marketing

“Deu na telha” ou como uma marca leva a arte à favela

São mais de 680 metros quadrados de pinturas. Mas, em vez de uma galeria, estão expostas numa favela brasileira, a do Morro do Alemão. Com uma particularidade: podem ser vistas do ar, pois as lonas estão esticadas sobre os telhados. É assim o projeto "Deu na telha", uma ativação de marca da agência Open para a Kibom (Olá em Portugal).

segunda-feira, 19 maio 2014 11:39
“Deu na telha” ou como uma marca leva a arte à favela

O trabalho apresenta-se como a primeira exposição aérea realizada no Brasil e estará patente até final de agosto. Pode ser observado de teleférico entre as estações Baiana, Alemão/Kibom e Itararé.

Integra obras de dez artistas, em colaboração com jovens moradores da favela. Entre os artistas está a portuguesa Susana Anagua. O primeiro tema – com 11 lonas nas telhas – é a Felicidade, em exibição até junho, seguindo-se-lhe a Brasilidade.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Vídeo

bt nl

Liga-te com o Coração

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing