Marketing

Uma “guerra” sem tréguas à vista

Quando a Pepsi anunciou o lançamento à base de stevia, a semana passada, na prática pôs fim a um cessar-fogo (não oficial) com a rival Coca-Cola, a primeira a lançar uma versão "verde".

terça, 07 outubro 2014 13:07
Uma “guerra” sem tréguas à vista

A Pepsi True, que será vendida nos Estados Unidos no final do mês pela Amazon, tem uma imagem verde muito semelhante à Life, da Coca-Cola. É o mais recente desenvolvimento de um "conflito" entre as marcas que já vem do século passado.

A revista Marketing fez o levantamento das principais batalhas travadas entretanto, começando por recordar como, no início dos anos 1900, as duas marcas usavam a publicidade para se provocarem, reclamando ter as propriedades medicinais mais eficazes.


Em 1975, a Pepsi lançou um desafio em que o sabor era tudo. Assentou arraiais em centros comerciais e perguntava ao público de qual das duas colas gostava mais na sequência de uma prova cega. O resultado era, invariavelmente, Pepsi. Mais tarde, a Coca-Cola daria a provar do mesmo "veneno" à rival.

A "guerra" estendeu-se ao espaço, com as duas marcas a competirem por um lugar na viagem do vaivém Challenger, em 1985. Nenhuma delas pareceu impressionar os astronautas.

A rivalidade continuou nos relvados, com a Pepsi a tentar, várias vezes, suceder à Coca-Cola como patrocinadora do Campeonato do Mundo de Futebol da FIFA. Não o conseguiu contratualmente, mas desdobrou-se em campanhas que visaram eclipsar a presença da rival. Foi assim também no Rio de Janeiro, este ano.

Entretanto, em 2009, a Agência Amnesia Razorfish convidou-as a assinarem tréguas no Twitter.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing