Marketing

A Terra Nostra tem leite de vacas felizes

A Bel Portugal, e a marca Terra Nostra, apresentaram, esta terça-feira, na ilha de S. Miguel, nos Açores, o Programa Leite de Vacas Felizes. Uma iniciativa que visa diferenciar o leite produzido nesta região como "o melhor do mundo".

quarta-feira, 14 janeiro 2015 12:36
A Terra Nostra tem leite de vacas felizes

A empresa aposta nos Açores, onde explora duas fábricas, para criar produtos com valor acrescentado. "Estamos dentro de uma joia" dizia Ana Cláudia Sá, diretora geral da Bel em Portugal, na apresentação deste projeto à imprensa, reforçando que os Açores são "pura naturalidade"- a chave deste programa.

Uma aposta que visa valorizar o leite produzido nesta região, e acreditar que é possível "construir o melhor leite do mundo", afirma a diretora geral da Bel em Portugal. É na pastagem de 365 dias, que está a grande diferenciação do leite produzido nos Açores, uma diferença que a marca quer alavancar e potenciar, além de criar valor em toda a cadeia de produção.

Para isso, aposta na comunicação e conta com a agência Young & Rubicam, que assina o filme, em que os produtores, e as vacas, são os protagonistas. A ideia é transmitir que o leite produzido nos Açores é "um puro leite de pastagem". Diz Eduardo Vasconcelos, diretor de aprovisionamento do leite da Bel, que é um "leite superior, de elevada qualidade, que dá origem a produtos mais saudáveis e saborosos".

Com produção da Quioto Films, pós-produção da Light Film, pós-produção de som da Som Lisboa, e planeamento de meios da OMD, o filme de 7 minutos vai, inicialmente ser apresentado aos produtores e clientes, mas está a prevista a divulgação de excertos no Facebook da marca Terra Nostra.

A Bel vai, este ano, investir 7 milhões de euros, valor que, além de abranger este programa, prevê uma intervenção nas unidades fabris dos Açores. Este projeto além de contribuir para uma produção mais sustentável, representa, também, a estratégia da Bel ao fim das quotas leiteiras, previstas para março. Uma medida que gerará, até 2024, um aumento de 8% no total da produção de leite na comunidade europeia, e, consequentemente, uma baixa de preços. "Não podemos competir com o aumento de produção na Europa. Não queremos, nem podemos ter estes preços baixos", reforça Ana Claudia Sá.

Assente em cinco pilares – pastagem, bem-estar animal, qualidade e segurança alimentar, produção sustentável e eficiência – o Programa Leite de Vacas Felizes pretende projetar "este leite de pastagem" tanto no mercado nacional como no internacional.

A BEL já começou a auditoria aos seus 500 produtores, que terão de cumprir uma lista de 177 normas para receber o selo de certificação deste programa da empresa, que deverá pagar até mais um cêntimo pelo litro de leite.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

Vídeo

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing