Marketing

O que andam as marcas a fazer pelas famílias?

O que têm em comum a Worten, a McDonald's, o Continente e a Solinca, o Santander, a Accor, a Compal Essencial Kids e Skip? São marcas que têm sabido responder às novas dinâmicas familiares, tema do último Promuser Report da Havas Worldwide.

quinta, 29 janeiro 2015 12:55
O que andam as marcas a fazer pelas famílias?

"Para contribuírem de forma significativa para as vidas dos consumidores, as marcas têm primeiro de entender as realidades das relações familiares e a complexidade da parentalidade nos ambientes digitais de hoje". São palavras do ceo da Havas, Andrew Bennett, na apresentação deste estudo feito a partir de inquéritos online em 20 países, incluindo Portugal.

E foi precisamente em Portugal que a Havas identificou alguns exemplos de contributos que as marcas têm dado na dimensão familiar. Assim, a Worten, com a sua campanha de Natal, contribuiu para reforçar a coesão familiar. O mesmo objetivo cumpre-se com as iniciativas da McDonald's Happy Studio e Happy Readers.

Já o Continente, ao associar-se aos ginásios Solinca, está a contribuir para a promoção de tempo de qualidade, o mesmo acontecendo com a parceria entre a NOS e a Pumpkin que visa a realização de atividades em família ou com as tarifas familiares criadas pelos hotéis Accor.

Outra valência das novas dinâmicas familiares passa pelos incentivos à independência, com a Havas Portugal a incluir o programa Santander Universidades nesta missão.

Já a Compal Essencial Kids e a Skip são exemplos de marcas que contribuem para ajudar as crianças a serem crianças, especialmente ao ar livre. Ainda no que toca às crianças, o programa Mindstorm WeDo, da Lego, ajuda-as a brilhar.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing