Marketing

Agências e marketeers, as mulheres não são objetos

"Somos mulheres, não objetos" é o movimento lançado pela agência criativa Badger & Winters, que pretende sensibilizar criativos e marketeers que retratam mulheres como objetos sexuais nas suas campanhas. Burger King, SKYY Vodka e Post-It são algumas das marcas expostas, num vídeo que já foi partilhado pela ONU Mulheres.

quarta, 27 janeiro 2016 12:37
Agências e marketeers, as mulheres não são objetos

A campanha foi criada por Madonna Badger e o objetivo é mostrar que a publicidade sexista pode ser prejudicial para jovens mulheres e pode ter repercussões na autoestima e confiança. Assim, após uma pesquisa, reuniu vários anúncios sugestivos com mulheres a comer hambúrgueres, um camião rodeados de mulheres em biquínis ou fotografias de mulheres nuas usadas para vender perfumes e bebidas alcoólicas.

O spot mostra várias mulheres que seguram cartazes de campanhas sexistas, dizendo algo irónico relacionado com as mensagens, como "Adoro dormir com homens que não se lembram do meu nome" (Post-It) ou "Adoro sacrificar a minha dignidade por uma bebida" (SKYY Vodka).

No final surge a hashtag "We are #WomenNotObjects" e uma mensagem que lembra que as mulheres são mães, filhas, colegas de trabalho, amigas, gerentes e CEO.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

Vídeo

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing