Marketing

Grupo P&G diz adeus à segmentação do Facebook

O grupo Procter & Gamble (P&G) deixará de dirigir parte do orçamento digital à ferramenta de segmentação de públicos disponibilizada pelo Facebook. Ao The Wall Street Journal, o chief marketing officer, Marc Pritchard, afirmou que aquela solução era "cara" e não trouxe benefícios ao negócio da companhia.

quinta-feira, 11 agosto 2016 12:36
Grupo P&G diz adeus à segmentação do Facebook

Contudo esta decisão não implica a saída da P&G da plataforma publicitária do Facebook. A verba que anteriormente estava destinada à ferramenta de segmentação do público será apenas redirecionada a outras opções apresentadas pela rede social.

A marca usou a segmentação durante dois anos, mas os resultados mostraram uma estagnação nas vendas, o que a levou a repensar a estratégia digital, explicou Marc Pritchard ao The Wall Street Journal.

A segmentação da audiência do Facebook permite que o anunciante foque a comunicação em consumidores específicos. No caso da P&G, empresa detentora de várias gamas de produtos domésticos, era possível anunciar fraldas para futuros pais ou purificadores de ar para donos de animais, por exemplo.

Uma porta-voz do Facebook explicou que a rede social e o grupo P&G "aprendem um com outro" e que "esse sempre foi o espírito do trabalho conjunto das duas empresas". "O pilar da nossa estratégia publicitária é um mix de alcance de massas com targeting personalizado que beneficia o mobile e é um complemento forte da TV. Os nossos clientes dizem-nos que esta estratégia funciona, porque permite-nos oferecer marketing relevante à audiência certa. E permite ainda que parceiros como a P&G possam recorrer às métricas de negócio que lhes interessam", conclui. 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing