Marketing

O que andam as marcas a fazer no “combate” aos incêndios – 3

Worten, Banco BIC e CTT juntaram-se ao movimento das marcas em prol do apoio às vítimas dos incêndios em Portugal e à recuperação do património.

sexta-feira, 19 agosto 2016 12:53
O que andam as marcas a fazer no “combate” aos incêndios – 3

Assim, a Worten lançou uma edição especial do Código DáVinte, sob o mote "Ajude-nos a fazer renascer a esperança". Assim, até 15 de setembro, nas mais de 180 lojas da insígnia é possível contribuir com 20 cêntimos por código, sendo que ao valor angariado junto dos consumidores a Worten acrescenta 20%.


Esta é uma parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa, a quem cabe identificar os casos mais prementes e canalizar os fundos.


Também o Banco BIC se associou à Cruz Vermelha, tendo doado dez mil euros para uma conta de solidariedade criada pela instituição.


Por sua vez, os CTT decidiram alargar ao Funchal a zona de intervenção do projeto "Uma Árvore pela Floresta", que desenvolvem com a Quercus. O objetivo é a plantação de espécies autóctones nas áreas da Madeira mais afetadas pelos incêndios.


A marca convida os portugueses a dirigem-se a uma das 320 lojas aderentes e apadrinharem uma árvore, no valor de três euros.


No momento da compra, é entregue um pequeno kit, composto por uma árvore em cartão reciclado e um código. Esta "árvore" serve de lembrança e pode ser oferecida, e o código serve para registar a árvore que a Quercus irá plantar até à primavera de 2017.


Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing