Marketing

A Caixa tem um objetivo: investir em empresas tecnológicas

É o core business da Caixa Capital. Investir em empresas tecnológicas e coinvestir com profissionais estrageiros que têm a mesma visão e a mesma estratégia. É, por isso, "natural" apostar no Web Summit, e para o administrador, Stephan Morais, é mesmo "fundamental".

sexta, 11 novembro 2016 11:49
A Caixa tem um objetivo: investir em empresas tecnológicas

Explica o administrador que, no evento, o stand da Caixa "não era só para apresentar tecnologia, serviu para várias coisas, para fazer anúncios de investimento, e tivemos três no Web Summit".

Além disso, continua, a Caixa teve várias empresas do portfólio presentes no evento e que receberam investidores aos quais apresentaram soluções. "Temos quase 30 empresas no nosso portfolio e muitas delas estiveram presentes e tiveram até reuniões com investidores que nós providenciámos".

Por outro lado, a Caixa contou também com os parceiros aceleradores e incubadoras que pretendiam captar mais empresas para os seus programas. "A Caixa Capital tem uma colaboração muito estreita com os aceleradores portugueses e portanto é importante que eles tenham um espaço onde possam apresentar os seus programas para captarem empresas que, no fundo, algumas delas vão ser onde vamos investir".

Realizar mais contactos com investidores internacionais que possam vir a coinvestir com a Caixa foi, então, o objetivo, sendo que a estratégia passa por apostar em empresas que estão numa fase "early stage" e prepará-las para investidores internacionais que entram depois com mais capital em conjunto com a Caixa Capital e, assim, "há avaliações mais altas". Mas, explica o administrador que este não é um retorno que se meça em euros agora, "é um retorno de construir relações e confiança para que as pessoas invistam em empresas de tecnologia portuguesa a longo prazo".

Stephan adianta que há outro aspecto do evento que "as pessoas não conhecem". É que, antes e depois do Web Summit, há uma série de eventos só para investidores profissionais, que são "muito exclusivos". "É aí que se constroem relações ainda mais fortes do que no recinto".

E com um "balanço positivo", a Caixa diz ter "todo o interesse" em estar presente em todas as edições possíveis do Web Summit.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing