Marketing

Viajar sem saber o destino está na moda?

Parece que sim. É que depois da Chocolate Box, chega a Waynabox, uma startup que promove viagens surpresa para mais de 50 destinos na Europa. O conceito é o mesmo: o viajante só sabe onde vai "aterrar" dois dias antes da partida.

quarta, 14 dezembro 2016 11:13
Viajar sem saber o destino está na moda?

Para isso, e por um preço fixo de 200 euros, é necessário aceder ao site da Waynabox, indicar o número de viajantes e selecionar o aeroporto de partida (Porto ou Lisboa), e escolher as datas da viagem (de sexta a domingo ou de sábado a segundo). De seguida, a Waynabox atribui, automaticamente, uma lista de 12 destinos possíveis, de entre os mais de 50 que disponibiliza. O destino final encontra-se nesta lista, mas só será conhecido, pelo viajante, dois dias antes da sua partida através de um email que contem também todas as informações relativas aos horários dos voos, bilhetes de avião, dados da reserva de alojamento e ainda um guia informativo sobre cidade que se vai visitar. A experiência inclui voos de ida e volta e duas noites de alojamento.

Caso o viajante pretenda, pode eliminar gratuitamente um destino da lista, havendo a possibilidade de eliminar mais destinos, até um limite máximo de nove, mediante uma taxa suplementar. A Waynabox permite ainda limitar as faixas horárias a serem utilizadas para os voos, sendo que, caso o viajante opte por não aplicar qualquer restrição, a Waynabox compromete-se a assegurar a permanência mínima de 48h no destino.

Fundada em Barcelona, em março de 2015, a Waynabox afirma já ter impactado mais de 20 mil viajantes e ultrapassou os 3,5 milhões de euros em faturação. Segundo a startup, em comunicado, trata-se da primeira empresa na Europa a oferecer viagens para destinos surpresa, tendo vencido a segunda edição do Programa Lanzadera, uma iniciativa promovida com capitais privados de Juan Roig, presidente do Grupo Mercadona, e o concurso TAP Creative Launch. Depois de consolidar a sua posição em Espanha e em França, a Waynabox volta a apostar na expansão e internacionalização, escolhendo Portugal como o novo "destino".

"A nossa ambição é sermos líderes no mercado de experiências de viagem e a abertura em Portugal era, para nós, uma etapa fundamental na persecução desse objetivo. Para celebrar a chegada a Portugal, anunciamos a inclusão de dois novos importantes destinos: Funchal e Ponta Delgada", refere o country manager da Waynabox Portugal, André Costa. "Queremos estimular uma nova tendência nos portugueses: a de viajar sem destino", acrescenta.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing