Marketing

Boulevard e Santa Maria fazem família Turim crescer

Lisboa e Funchal são as cidades escolhidas para os novos Hotéis Turim a serem inaugurados em 2018: o Hotel Boulevard, com 5 estrelas, e o Santa Maria Hotel, com 4 estrelas. Estas aberturas fazem parte de um conjunto de seis projetos em desenvolvimento, anunciados pelo CEO do grupo, Ricardo Martins, durante um almoço de reis, esta terça-feira, dia 9, em Lisboa.

quarta, 10 janeiro 2018 13:10
Boulevard e Santa Maria fazem família Turim crescer

 

Atualmente, o grupo Turim Hotels conta com 14 unidades em funcionamento: 10 em Lisboa, três no Algarve e uma em Azeitão. Em carteira, junta 20 unidades, de onde saem os projetos anunciados: “Estrategicamente decidimos sair fora do nosso core que é Lisboa, para passarmos para as redondezas, nomeadamente Sintra. Mas também Porto, Funchal e Coimbra”, diz Ricardo Martins.

Dos dois hotéis a serem inaugurados este ano, o Boulevard terá 5 estrelas e será o segundo situado na Avenida da Liberdade, em Lisboa, mais precisamente no número 175. No Funchal, o Santa Maria Hotel remete ao ano 1964, ano de construção e está fechado há 10 anos: “Fizemos uma remodelação total onde vamos ter 100 unidades de alojamento bem no centro do Funchal, junto ao Mercado dos Lavradores”, afirma Ricardo Martins. Esta unidade terá 4 estrelas.  

Durante este ano, serão ainda iniciadas as obras de ampliação do Turim Lisboa Hotel, que passará de uma lotação de 56 quartos para 156. Com início em janeiro, a previsão de duração é entre os 18 e os 24 meses. No Porto, prevê o inicio das obras durante o primeiro trimestre do ano, com a mesma duração. Este novo hotel, situado na Avenida dos Aliados, terá 4 estrelas e contará com 100 quartos.

Entre 2019 e 2020, está prevista ainda a abertura na Vila de Sintra, o aproveitamento de um palacete resultará num hotel com 100 quartos, uma sala de congressos com lotação até 600 pessoas e um parque de estacionamento com 175 lugares. Será ainda apresentado um novo hotel em Lisboa, na Avenida da República, com 100 quartos. Um projeto ainda embrionário, segundo o CEO. Sobre a nova unidade em Coimbra, Ricardo Martins evidencia o grupo como uma empresa familiar: “Coimbra foi o ultimo projeto e foi um regresso às raízes porque as nossas raízes são de Coimbra, do concelho da Lousã”. “O hotel de Coimbra vai ter o nome da igreja onde os meus pais se casaram Rainha Santa”, acrescenta. Situado na Avenida Fernão Magalhães terá entre 120 e 150 quartos.

Ricardo Martins não quis adiantar o investimento despendido, mas revela que a taxa de ocupação durante 2017 rondou os 90%. Quando questionado sobre um possível investimento em alojamento local, o CEO admite "não virar costas a um bom negócio”. Contudo, explica o seu ponto de vista no que toca à tendência para o alojamento local: “A parte do licenciamento hoteleiro é muito difícil na Camara Municipal de Lisboa e o alojamento local tem sido uma fuga para quem quer investir e não quer esperar 10 anos para um licenciamento hoteleiro. Se tivermos projetos próximos, que seja mais fácil ir pelo alojamento local, vamos”.

Para o Algarve, o Turim Hotels pretende diferenciar a oferta, que é sobretudo de alojamento familiar, para alojamento individual, modelando uma das unidades transformando-a em hotel.

O ano 2017 fica marcado pela criação da Academia Turim, que acompanha o “crescimento do grupo” e tem por objetivo a impulsionar os recursos humanos, através da identidade do grupo. A formação é feita on the job, assim, foram eleitos alguns hotéis como escolas em determinados departamentos.

Este primeiro ano de academia foi considerado um ano de “aprendizagem para o grupo”, que resultou na forma de 550 colaboradores: “Alguns já eram formados, mas não com o “standard Turim”, diz o CEO.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing