Marketing

Sabe quando está sob influência? Os ingleses não

As marcas e os influenciadores têm que trabalhar mais para ganhar a confiança dos consumidores. É que, segundo um estudo da Prizeology, quase três quartos dos ingleses acreditam que não há regras ou regulamentos para o marketing de influenciadores e quase metade pensa que é prejudicial para a sociedade.

segunda-feira, 19 fevereiro 2018 11:30
Sabe quando está sob influência? Os ingleses não

 

De acordo com o inquérito, 71% dos ingleses pensa que não há regras em relação ao uso de influenciadores, apesar de serem regulados pela Advertising Standards Authority (ASA), enquanto 61% acredita que os influenciadores não precisam de divulgar que foram pagos para falar sobre um produto. Além disso, quase metade dos entrevistados não conhece os hashtags e a linguagem que os influenciadores devem usar para indicar a sua relação comercial com uma marca.

Dois terços dos entrevistados concordam com a afirmação de que sua perceção de uma marca melhorou quando era transparente no product placement. 88% acredita que deveriam ser informados se as pessoas estão a ser pagas para promover produtos, mas 61% sentiram que as marcas não estavam a ser transparentes quanto ao uso de influenciadores.

No que diz respeito a regulamentação futura, 71% entende que a ASA deve fazer mais para reforçar a divulgação e 56% disseram que tanto as marcas como os influenciadores devem ser punidos se não divulgarem as suas relações com as marcas.

Para a managing director of Prizeology, Sarah Burns, estes dados devem funcionar como um despertar para as marcas que trabalham com influenciadores. “A ASA tem um trabalho difícil em mãos, mas é preciso fazer mais para fazer cumprir as regras e educar o público e os influenciadores sobre o que é aceitável e o que não é", alerta.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing