Marketing

O Summer Fest é prioritário na estratégia da Sumol. Sabe porquê?

Prioritário na estratégia. É assim o Sumol Summer Fest para a marca de refrigerantes portuguesa. O festival, que arranca amanhã na Ericeira, permite “estabelecer e reforçar a relação emocional do consumidor com a marca”, afirma à Briefing o Marketing Manager Refrigerantes & Águas da Sumol+Compal, Filipe Guerreiro, justificando que, “como tal, cativa uma parte substancial do orçamento de ativação”.

quinta, 05 julho 2018 12:25
O Summer Fest é prioritário na estratégia da Sumol. Sabe porquê?

 

“Otimismo, primeiras vezes/experiências, grupo, diversão” são as características do Sumol Summer Fest que reforçam o posicionamento da marca. “As ativações permitem aos consumidores experienciarem os valores da marca, mas as ativações das outras marcas também “são essenciais para construir o festival”. “Ao termos o naming do festival, o sucesso do mesmo reverte positivamente para o impacto da marca”, sustenta, adiantando que o retorno obtido é a aproximação e aumento da afinidade do público-alvo, dos 15 aos 25 anos.

A Sumol aproveita este ambiente para apresentar os lançamentos, permitindo, explica o marketing manager, criar “experiências inesquecíveis e ligações emocionais” ao produto. E porque entende que “para os mais jovens, a presença num festival é um momento a ser lembrado para sempre”, a presença da Sumol tem evoluído com a meta de tornar estas experiências envolventes. O desafio passa por “todos os anos surpreender e envolver”, através não só das ativações como do cartaz.  “Mais do que a música, é uma experiência. Desta forma, o nosso foco continuará a ser o Sumol Summer Fest e iremos apostar na produção de conteúdos e de amplificação dos mesmos”.

A Sumol vê na música uma forma de estimular a parte sensorial e de afinidade com o target. “Acreditamos que a música ajuda a construir o ritmo de uma campanha e a sua parte cool. Ao ter a mesma música na campanha e nos diferentes conteúdos, estamos a maximizar top of mind e amplificação da Sumol”, nota Filipe Guerreiro, Marketing Manager Refrigerantes & Águas.

Para criar estímulo positivo e coerente com a marca, a música escolhida para uma campanha tem de refletir os “mundos Sumol”: a praia, o sol, os amigos e o verão. Associando-se, assim, diretamente à marca, que se apresenta como “divertida, ousada e única”. A Sumol conta com algumas associações com bandas e músicos e por isto, sempre que possível, beneficia dessas sinergias. Não está, porém, a ser considerada uma música específica para a marca”. Reconhecendo que não existe uma fórmula certa”, o marketing manager acredita que “a música deve representar o produto, a experiência e alinhar-se com os modelos ou atores que representam a marca na campanha”. 

 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing