Marketing

Anúncios para crianças: 21 empresas aderiram ao visto prévio

Vinte e uma empresas aderiram voluntariamente ao sistema de pre-clearence, isto é, de análise prévia vinculativa dos anúncios dirigidos a crianças. O balanço é feito pela Auto Regulação Publicitária, seis meses após a entrada em vigor deste procedimento.

quinta-feira, 25 outubro 2018 11:05
Anúncios para crianças: 21 empresas aderiram ao visto prévio

 

Das empresas aderentes, 16 são produtores e cinco da grande distribuição, representando mais de 70% do investimento publicitário do setor de alimentos e bebidas.

Além disso, foram analisados 18 anúncios com base na licitude e nas normas éticas plasmadas no código de autorregulação da publicidade dirigida a crianças. Concluiu-se que a observância da licitude e ética publicitárias foi de 100%, sendo que nenhum dos anúncios em causa foi veiculado sem prévia confirmação da sua conformidade.

“O número de anúncios submetidos e o acatamento integral da nossa análise reflete, sem dúvida, o respeito e consideração do sector pela Auto Regulação Publicitária. Mas, numa leitura mais profunda, não posso deixar de realçar que é a disponibilidade inequívoca e empenho da Indústria em preservar uma parte da responsabilidade social que aqui está em causa, nomeadamente perante a leal concorrência e os consumidores, em particular os grupos vulneráveis, como são as crianças. Uma publicidade autorregulada é, sem dúvida, a garantia de proteção destes destinatários. E tudo isto salvaguardando a liberdade de expressão comercial e o direito de informar e de ser informado”, salienta Nuno Pinto de Magalhães, presidente da Auto Regulação Publicitária.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing