Marketing

Artistas não são robots. Diz a Mansarda, com a FCB

A Mansarda acaba de lançar uma campanha, assente na ideia de que os artistas não são robots, que apela à doação de 0,5% do IRS à instituição que apoia artistas sem condições para viver nas suas residências particulares. Com criatividade da FCB Lisboa e produção da Garage, a campanha contou a fotografia de Augusto Brázio e música dos Dead Combo.

segunda, 01 abril 2019 11:09
Artistas não são robots. Diz a Mansarda, com a FCB

 

A campanha arrancou dia 27 de março, Dia Mundial do Teatro, na página do Facebook da Mansarda e contou com o apoio de vários artistas, como Camané, Miguel Guilherme, Gisela João, Isabel Abreu, Afonso Pimentel, Ana Bacalhau, Frankie Chavez, Noiserv, Filipa Areosa, Inês Aires Pereira, Joana Pais Brito, José Mata, Tomás Alves, António Zambujo, Aldina Duarte, Miguel Gonçalves Mendes, António Pedro Ferreira e Teresa Coutinho. Esta doação está prevista na lei, sem qualquer cusco para o contribuinte. Desta forma, para apoiar a Mansarda, o contribuinte deverá preencher o quadro 11 da declaração com o NIF 513258299.

“Os artistas dão vida à vida. E merecem todos os apoios e respeito. Daí o empenho da FCB Lisboa em doar muitas horas de trabalho para ajudar o projecto Mansarda. Iniciativas como esta enquadram-se dentro da nossa política de devolver à sociedade parte do resultado do nosso sucesso enquanto empresa”, diz Edson Athayde, CEO E CCO da FCB Lisboa.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Vídeo

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing