Marketing

Há críticas na Padaria Portuguesa

As refeições quentes chegaram à Padaria Portuguesa. E para as comunicar, a Uzina criou a campanha “As críticas na Padaria”, em que as avós, “as maiores especialistas em cozinha caseira”, provam e dão a sua opinião sobre os pratos.

segunda, 22 abril 2019 11:05
Há críticas na Padaria Portuguesa

 

“As novas refeições quentes da Padaria são como os almoços lá de casa. Tal e qual as boas receitas caseiras”, diz a diretora de Marketing e Comunicação da marca, Rita Neto. A materialização deste conceito resulta num filme de 60” e num site onde partilham com os clientes as críticas, opiniões e pontuações das avós.

As protagonistas desta campanha são senhoras, com mais de 65 anos, do coletivo “A Avó veio trabalhar”. “Esta escolha fugiu ao tradicional casting porque queríamos pessoas reais para obtermos uma avaliação verdadeira e uma campanha com um resultado muito orgânico”, afirma Rita Neto.

A campanha, que representa um investimento superior a 300 mil euros, está em rádio, digital, mupis e nas 60 lojas até 22 de maio.

“Com a introdução desta nova oferta, A Padaria Portuguesa pretende ganhar quota de mercado no segmento dos almoços oferecendo refeições quentes, servidas num formato inovador que permite o consumo em loja e também on the go, no escritório ou em casa, para almoçar ou jantar”, adianta Rita Neto.

Ficha técnica:

Datas da campanha: De 22 de abril a 22 de maio

Agência criativa: Uzina

Direção Criativa: Susana Albuquerque

Direção de Arte: Maurício Santos

Copy: Ricardo Dias

Direção de contas: Duarte Frade

Accounts: Frederica Cardoso e António Ataíde

Produtora: Bro Cinema

Realização: André Braz

Diretor de Fotografia: Pedro Patrocínio

Participação especial: “A Avó veio trabalhar”

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Vídeo

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing