Marketing

Tissot dá horas em Alfama

A Tissot acaba de dar um novo passo na relação de 33 anos que mantém com Lisboa: trata-se do lançamento do modelo Alfama, uma edição limitada a 500 exemplares numerados, que visa simbolizar o que de mais autêntico existe naquele bairro lisboeta.

quinta, 09 maio 2019 11:47
Tissot dá horas em Alfama

 

No lançamento, no Centro Cultural Dr. Magalhães Lima, o CEO da Tempus Internacional, João Santos, apresentou as afinidades entre este modelo e o bairro: “É um relógio simples no design e não podia ser de outra maneira, porque Alfama é simplicidade e isso está patente no mostrador branco. Mas também é vida, é cor, o que está presente no verso, com o movimento automático da caixa a exibir a imagem dos típicos azulejos azuis e brancos”.

A estratégia da Tissot tem sido homenagear o património português e, em particular, o lisboeta, com edições limitadas dedicadas aos monumentos mais icónicos, como a Torre de Belém.

Outro exemplo da parceria – notou João Santos – foi o apoio dado à recuperação do relógio do Cais do Sodré, que foi o primeiro relógio público da hora legal em Portugal, datando de 1914.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing