Marketing

Anúncios no Facebook podem ficar mais transparentes

O Facebook lança ferramentas de transparência para anunciantes, que queiram colocar na rede social anúncios sobre questões sociais, eleições ou política. O objetivo é que quem pretenda influenciar a opinião pública revele mais informações sobre os anúncios que veicula e quem está por trás deles, para que seja responsabilizado.

quarta, 26 junho 2019 10:40
Anúncios no Facebook podem ficar mais transparentes

Como parte do processo de autorização do anunciante, o Facebook confirma o ID e permite que seja divulgado quem é o responsável pelo anúncio – informação que está presente no próprio anúncio.

A rede social está comprometida em exigir autorizações e isenções de responsabilidade, para anúncios sociais, políticos ou eleitorais em mais lugares – já era exigido em mais de 50 países e territórios. Agora, esta mobilidade é expandida de forma proativa para países com eleições iminentes e regulares, a começar pela Ucrânia, Singapura, Canadá e Argentina.

Nos países onde o Facebook ainda não está a detetar ou rever este tipo de anúncios, os candidatos a cargos públicos podem optar por usar essas ferramentas para fornecer aos seus constituintes mais informações, e é sugerido aos reguladores locais que responsabilizem os candidatos eleitos e os grupos influentes.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing