Marketing

O design de Ana Cunha mudou a Finerge

A Finerge, empresa nacional produtora de energia eólica, tem uma nova identidade visual, assinada pela designer Ana Cunha. O objetivo é reposicionar a marca com vista ao crescimento.

quinta, 18 julho 2019 11:16
O design de Ana Cunha mudou a Finerge

 

De acordo com a empresa, o desafio lançado à AC Brand Design foi transformar a Finerge numa marca que espelhasse o compromisso com a agenda do clima e com a ambição de crescimento.

“A Finerge decidiu mudar de imagem, porque foi percecionando que não tinha o nível de reconhecimento na sociedade portuguesa que a sua dimensão justificaria. A Finerge é hoje um player muito importante no mundo da energia renovável, quer continuar a crescer em Portugal e na Europa, quer ser um parceiro do país na prossecução das suas metas de descarbonização e sentiu que precisava adotar uma imagem mais contemporânea e mais profissional”, afirma, em comunicado, o CEO, Pedro Norton.

Fundada em 1996, a Finerge fatura anualmente mais de 170 milhões de euros, com um investimento de mais de 1,2 mil milhões de euros, em Portugal. Emprega, direta e indiretamente, cerca de 200 colaboradores.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing