Marketing

O que valoriza um criativo quando está em causa a eficácia? O Edson responde

Um criativo valoriza a… criatividade. É o que diz Edson Athayde, CEO da FCB Lisboa, que inaugura uma ronda pelos membros do júri da XV edição dos Prémios à Eficácia, de que a Briefing é media partner.

quarta, 13 novembro 2019 10:13
O que valoriza um criativo quando está em causa a eficácia? O Edson responde

 

Eis a resposta do criativo:

“La Palice não diria melhor: um criativo valoriza sempre a criatividade, mesmo quando ela aparece embrulhada em outras (e importantes) coisas. Não vejo mal nisto. O sucesso de um projeto de comunicação pode vir de imensos fatores. Dinheiro, por exemplo. Se despejarmos um caminhão de dinheiro sobre uma ideia banal é capaz dela funcionar. Perspicácia no planeamento de meios também pode ser a base de um êxito comunicacional. Porém, o facto de juntarmos duas fatias de pão a um bocado de carne e termos assim um hambúrguer não quer dizer que ele, o hambúrguer, será necessariamente saboroso. A criatividade é isto. O molho, a pimenta, a mostarda, a cebola e tudo o mais. A criatividade é que pode fazer o investimento financeiro diminuir sem perda de eficácia. Está aí, finalmente a palavra: “eficácia”. Boas ideias amplificam budgets, são originais, surpreendentes, memoráveis, irrepetíveis. É isto que nós criativos valorizamos. E, já agora, boa parte do resto do mundo também.”

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing