Marketing

Hotéis há muitos e o Vila Galé abre três em 2020

Trinta e cinco milhões de euros é quanto o grupo Vila Galé espera investir em 2020, quer na abertura de novos hotéis, quer na remodelação dos já existentes. Os primeiros a abrir – em março – são os de Alter e Manteigas, mas há também um novo no Brasil – em São Paulo e com inauguração agendada para junho.

segunda, 20 janeiro 2020 16:55
Hotéis há muitos e o Vila Galé abre três em 2020

 

Os planos foram avançados esta segunda-feira pelo presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida, num encontro com a imprensa em que voltou a enfatizar a importância de investir no interior do País: “É trabalhoso, mas, mais cedo ou mais tarde, dá certo. E o interior precisa de projetos. Acredito que o crescimento de Portugal passa pela revitalização do interior”.

O Vila Galé Paulista – assim se vai chamar a unidade de S. Paulo – é a concretização de “um desejo antigo”. Para o Brasil, há, aliás, mais projetos em carteira: um novo resort, em Alagoas, e um hotel em Salvador, no Palácio do Rio Branco, que foi sede do governo da Bahia.

O portefólio de projetos do grupo tem ainda lugar para um “hotel das crianças”, em Beja; para as Casas d’Elvas by Vila Galé, na cidade alentejana do mesmo nome; e para uma unidade em Ponta Delgada, numa parceria com a Santa Casa da Misericórdia. E há igualmente espaço para Tomar e Portalegre.

Num balanço da atividade em 2019, o administrador do grupo Gonçalo Rebelo de Almeida partilhou que o ano ficou em linha com o anterior, com um ligeiro crescimento de 112 milhões de euros em receitas para 115 milhões, por via dos hotéis que completaram o primeiro ano de exploração.

No Brasil, as receitas também cresceram – 18%, para os 371 milhões de reais.

Numa análise do mercado nacional, deu conta de alterações a nível dos países de origem – o Brasil, os Estados Unidos e o Canadá estão a crescer, por oposição aos países europeus. Também a China conhece uma evolução positiva.

Em relação aos projetos para 2020, o primeiro a abrir será o Vila Galé Collection Alter Real: tendo como cenário a Coudelaria de Alter do Chão, será dedicado à temática equestre, presente nos 77 quartos. Inclui ainda três piscinas exteriores e uma interior, spa, restaurante, bar e enoteca, bem como um lagar de azeite e uma falcoaria. É o quarto hotel do grupo no Alentejo e traduz um investimento de dez milhões de euros.

O mesmo valor está alocado ao Vila Galé Serra da Estrela: mitos, lendas, costumes e tradições da região dão o mote a 91 quartos. Ambos ostentam quatro estrelas.

Localizado na zona de Bela Cintra, o Vila Galé Paulista conta com 108 quartos, representando um investimento de 80 milhões de reais.

Do plano de investimento para este ano faz ainda parte a expansão do Vila Galé Douro Vineyards, agroturismo que beneficiará da alocação de sete milhões de euros e passará de sete para 49 unidades de alojamento.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing