Out of Office

Oh, là, là! Este #provamoseaprovamos é à la française

Para a maioria, o nome grenache talvez diga pouco. Mas, se forem enófilos, o cenário muda de figura: é que é uma casta de vinho tinto típica da região francesa de Avignon. É de lá que vem o chef Philippe Gelfi, para tomar conta da cozinha do… Grenache. E o que se serve neste restaurante quase a paredes meias com o Castelo de S. Jorge? Produtos portugueses com uma pitada de savoir faire gaulês.

sexta-feira, 21 fevereiro 2020 13:21
Oh, là, là! Este #provamoseaprovamos é à la française

 Philippe tem 28 anos, mas um percurso com paragens em mais do que um restaurante “estrelado”. É o caso do Christian Etienne, em Avignon, detentor de uma estrela Michelin. E é o caso do restaurante do Hotel La Réserve, em Paris, com duas. Mas, a dada altura, sentiu necessidade de alargar horizontes ou, como ele próprio diz, “voltar à essência, aprender”.

Uma vontade que acabou por traze-lo até um pátio lisboeta, ao aceitar o desafio do proprietário do Palácio Belmonte, Frédéric Coustols, para explorar o restaurante. O que faz colocando a técnica da haute cuisine francesa ao serviço dos produtos portugueses. O peixe, em particular, agrada-lhe. Mas também os legumes e os molhos. Se bem que o seu produto preferido para trabalhar seja o foie gras e que sinta falta das trufas. O que é explicado pela sua origem…

 

Oh la la

Do Grenache com assinatura do chef Gelfi não se pode esperar uma cozinha tipicamente francesa. A filosofia é seguir a sazonalidade dos ingredientes, mas com alguma ousadia: diz Philippe que lhe dá prazer brincar com algumas técnicas da pastelaria – daí encontramos sorbet em pratos salgados.

Tudo confecionado numa cozinha com vista para a sala e servido num ambiente descontraído, ainda que sóbrio. Na decoração, os toques metálicos e de couro conjugam-se com mesas e cadeiras trazidas de França (tal como a loiça e os talheres). Há um ligeiro ar industrial, quebrado por várias peças de arte nas duas salas.

Oh la la

Porque a sazonalidade preside à escolha dos ingredientes, o menu muda todos os meses. O que provamos… aprovamos! Tudo acompanhado com vinho, até porque basta pensar no nome para se perceber que, aqui, o vinho tem um lugar de destaque. Na cozinha e à mesa. A carta oferece cerca de uma centena de referências, algumas delas com a casta Grenache, claro.

Oh la la

Philipe Gelfi entrou no Grenache com uma ambição: uma estrela Michelin. O que não deixa de ser curioso para quem nem queria ser cozinheiro, mas sim futebolista e mecânico. Mas que tem muitas (e boas) recordações da cozinha como palco das reuniões familiares, com os sabores saídos das mãos da avó e da mãe.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing