Marketing

A criatividade da Mustard não é medricas

A Mustard comemora 10 anos no mercado nacional com um rebranding. “Mustard. Fearless Creativity” é a assinatura que reflete o novo posicionamento, o qual mostra que a agência criativa “não tem medo de desafios impossíveis”.

sexta-feira, 13 março 2020 09:39
A criatividade da Mustard não é medricas

O novo posicionamento assenta na premissa que, no contexto de mercado atual, “já não há espaço para a trivialidade ou para os lugares comuns”. A agência refere que é cada vez mais importante “rentabilizar orçamentos limitados, cativando a atenção das pessoas”, e acredita que a melhor forma de o fazer é através de “ideias provocadoras, que invoquem emoções intensas e, consequentemente, sejam mais recordadas e partilhadas”. Por isso, a Mustard assume-se “sem medo de fazer propostas que não olham a convenções, formatos ou meios, sendo o principal critério a sua eficácia”.

A agência, detida por João Rodrigues, Sandra Silveira e Duarte Botte, iniciou a sua atividade, em 2010, com especial enfoque na área da ativação de marca. Ao longo dos últimos anos, tem vindo a reforçar a sua oferta de serviços, que inclui: design, digital, estratégia de comunicação, eventos, produção, publicidade, publishing, social media e ativação

“O facto de termos nascido como uma agência de ativação de marca, faz com que saibamos exatamente o que funciona no terreno, onde as marcas estão cara a cara com os seus clientes. Essa experiência faz acreditar que conseguimos gerar emoções nas pessoas, que levam a ações, independentemente do meio ou da peça de comunicação a desenvolver”, afirma Sandra Silveira.

Duarte Botte acrescenta que “a receita para o sucesso resulta da combinação da lógica comercial com magia criativa”. Para conseguir fazê-lo, “é importante criar conceitos impactantes, que vão ajudar a responder a três questões fundamentais: a que objetivos de negócio vai responder a ideia? Em que momentos é que o consumidor vai entrar em contacto com a campanha? Como queremos que o consumidor interaja com ela?”.

“Dez anos depois de termos iniciado atividade, num mundo tão competitivo como o da ativação de marca, percebemos que o importante é resolver desafios de comunicação, com ideias que funcionem tanto para os negócios, como para as pessoas, sem seguir regras ou formatos. Uma campanha só resulta se houver uma ligação forte entre a marca e as pessoas, e leve a uma ação”, refere João Rodrigues, acerca da importância que o rebranding tem no processo de crescimento e de evolução da agência.

A criatividade da Mustard não é medricas

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing