Marketing

É preciso continuar a comunicar. Palavra de Sofia

“Mudem o briefing, não parem a comunicação”. Eis o conselho da secretária geral da APAME, APAP e AP, Sofia Barros, às agências em era de Covid-19. “Temos que, juntos, passar do Pânico Viral para a Ação Responsável”, diz, antecipando que todos os brand purpose e human first das marcas serão postos à prova.

sexta-feira, 20 março 2020 11:44
É preciso continuar a comunicar. Palavra de Sofia

 

“Estamos a dançar todos à medida que a banda toca, sem saber bem o que surge a seguir.... As três associações de que sou secretária geral (APAME – Associação Portuguesa das Agências de Meios; APAP – Associação Portuguesa das Agências de Publicidade, Comunicação e Marketing e AP – Associação Portuguesa das Produtoras de Filmes), os associados e o País”, afirma Sofia Barros. Estão, pois, concentrados em informar, apoiar e em não parar a economia, “para além do inevitável”.

“A necessidade de produtos, serviços, entretenimento não vai diminuir. Vai é ser equacionada de outra forma. E isso faz com que tenhamos que ser ainda mais criativos, ligando as necessidades dos consumidores e as marcas, continuando presentes e atuantes”, comenta.

Sobre o impacto da Covid-19, entende que “é cedo para dizer”. “Depende das áreas de comunicação – eventos e produção de filmes são os mais prejudicados no imediato, com toda a atividade cancelada – e dos setores das próprias marcas”.

“Quando tudo isto estiver ultrapassado, devemos ter aprendido muitas coisas”, acredita, esperando que uma seja que “as marcas são lideradas por pessoas que colocaram o bem-estar social à frente dos seus benefícios de curto prazo”.

“Todos os brand purpose, human first, dos últimos anos, vão ser postos à prova neste momento. E a memória coletiva, para além do ROI, vai ser sinónimo do sucesso futuro”, garante, convencida de que os associados “podem ser de grande ajuda e que as marcas que o entenderem sairão reforçadas”.

As três associações estão, assim, a informar – enviando e-mails com as medidas governamentais, “devidamente dissecadas e resumidas” e com as melhores práticas de gestão em tempos de grandes alterações, como é o caso do teletrabalho. Estão também a apoiar e a debater, mantendo as associações como fórum para discutir os temas chave da indústria, e a estudar propostas de atuação que possam ser relevantes, para hoje e para o futuro.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

bt nl

À Escolha do Consumidor

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing

Melhores Briefing